OURO PRETO (MG): Igreja de São Francisco de Paula – Parte II: A imagem do Santo atribuída ao Aleijadinho

São Francisco de Paula é um dos templos mais recentes da cidade, ela foi a última a ser construída no período colonial. Construção iniciada em 1804 e terminada em 1878, ficou inteiramente concluída em 1904. A imagem de São Francisco de Paula que pertence à igreja é atribuída a Aleijadinho.

Miguel Antônio Tregellas era um respeitado marceneiro que possuía uma das maiores oficinas de marcenaria de toda a Província. Seus trabalhos, principalmente castiçais e oratórios, ornamentavam algumas das mais importantes Igrejas de Ouro Preto e outras cidades da região. Ele foi fundador do Liceu de Artes e Ofícios em Ouro Preto e autor dos retábulos laterais desta igreja. Continue lendo “OURO PRETO (MG): Igreja de São Francisco de Paula – Parte II: A imagem do Santo atribuída ao Aleijadinho”

OURO PRETO (MG): Igreja de Nossa Senhora das Dores do Calvário no Arraial de Antônio Dias

A pequena capela no alto do morro já não é a construção original. A primeira obra no local datava do final do século XVIII e foi construída a pedido da Irmandade de Nossa Senhora das Dores e Calvário. A atual construção data de meados do século XIX. A igreja não se destaca pela arquitetura ou rico interior. Também não se conhece o autor do projeto.

A igreja celebra duas festas em honra de Nossa Senhora das Dores: a primeira na sexta feira da semana da paixão, anterior à Semana Santa, e a segunda no dia 15 de setembro. A primeira é celebrada na Igreja desde 1727, instituída pelo papa Bento VIII. A segunda foi determinada por Pio VIII em 18 de setembro de 1814, festeja o dia da padroeira.

Continue lendo “OURO PRETO (MG): Igreja de Nossa Senhora das Dores do Calvário no Arraial de Antônio Dias”

TIRADENTES (MG): Igreja Matriz de Santo Antônio – Parte III: Imaginaria da Matriz

Minas Gerais_Brasil_Matriz_Patrimônio_Unesco_arquitetura_Estrada Real_Aleijadinho_ Irmandade_Barroco Mineiro_Irmandade_Latino America

A Igreja Matriz de Santo Antônio, considerada uma das obras-primas do barroco mineiro, reúne um importante conjunto de imagens religiosas.

Toda a talha que reveste intensamente o arco cruzeiro, as ilhargas da capela-mor e o retábulo-mor pertencem à oficina de João Ferreira Sampaio, artista português do qual não se conhece outra obra e não se encontrou, até o momento, referência a outras obras nem em Minas, nem em Portugal.

Neste post vamos conhecer os diferentes altares laterais criados pelas diversas irmandades presentes na antiga Vila de São José do Rio das Mortes, atual cidade de Tiradentes. Continue lendo “TIRADENTES (MG): Igreja Matriz de Santo Antônio – Parte III: Imaginaria da Matriz”