SHOPPINGS CENTERS – Parte I: História e Evolução dos Centros Comercias em Buenos Aires

Os Centros Comerciais têm constituído uma verdadeira revolução no comércio, marcando uma notável transformação das formas do espaço onde é consumido, tornando-se verdadeiros emblemas urbanos.

Os centros comerciais chamados SHOPPINGS CENTERS instalaram-se em Buenos Aires no final dos anos oitenta, conseguindo a sua consolidação nos anos noventa graças a uma fase de estabilização da economia argentina. Estes centros comerciais tiveram um impacto decisivo na transformação e modernização comercial do país e na forma de consumo dos habitantes, a par das alterações introduzidas pelos hipermercados.

Quais foram os primeiros shoppings da cidade de Buenos Aires? … nesta primeira parte do post retrocederemos no tempo aos inços da decada dos 90, momento a partir do qual se consolida o modelos comercial dos Shopping Centers.

Os primeiros shoppings de Buenos Aires


O precedente mais próximo de um shopping center na Argentina foi o Shopping Sur de Avellaneda, parte do aglomerado da Grande Buenos Aires, inaugurado em 2 de dezembro de 1986, projetado pelo estúdio de arquitetura Juan Carlos López e construído pela empresa dos engenheiros Maccarone. Foi o resultado da reabilitação do prédio pertencente à empresa de carnes Frigorífico La Negra, construído no final do século XIX.

Em 1983, começaram as obras de reciclagem e reabilitação, as máquinas antigas foram recondicionadas para exposição, os tubos de aço que formavam as câmaras frigoríficas das colunas, vigas e recintos foram reaproveitados para a construção de uma pista de patinação no gelo.

Este centro de entretenimento era basicamente um grande parque infantil com lojas comerciais, uma pequena chácara, um local de lazer para a família. Em 10 de fevereiro de 1997 fechou suas portas, o prédio sendo demolido pouco tempo depois e um hipermercado Carrefour foi construído no local.

Shopping Soleil


O Shopping Soleil, hoje Soleil Premium Outlet, marcou o início da era dos shoppings na Argentina abrindo suas portas em 16 de outubro de 1987 no bairro de San Isidro, província de Buenos Aires, por uma via de rápido acesso ao anel rodoviário  Panamericana.

Está distribuído em um só andar, tendo o hipermercado Carrefour como “loja áncora”, ocupando 50% da Área Bruta Locável (ABL). Rapidamente se torna um lugar para passear e um centro de atração para os moradores de Buenos Aires.

Em 2010, o Soleil passou para as mãos da IRSA-APSA, uma das mais importantes incorporadoras de shopping centers do país

O Soleil tem praça de alimentação, seis salas de cinema, estacionamento gratuito para dois mil carros, supermercado e academia.

Entre outras marcas pode encontrar lojas de Paula Cahen D’Anvers, Caro Cuore, Adidas, Rouge, Billabong, Levi’s, Prüne, Paruolo, Vitamina, Uma, Akiabara, Bensimon, Tascani, Prototype, Ver, Simmons e Frávega.

 

A Nova Era


O símbolo do Shopping Center realmente foi incorporado ao imaginário dos portenhos em 1988, com as inaugurações na Cidade Autônoma de Buenos Aires (CABA): Patio Bullrich e Shopping Spinetto, e na província de Buenos Aires: Unicenter (San Isidro) e Torres del Sol (Pilar).

Patio Bullrich


O Patio Bullrich é o produto da reabilitação de um edifício de estilo neoclássico inglês, onde funcionava a antiga casa de leilões Bullrich, fundada em 1867. Lá foram realizados os principais leilões da cidade: grandes exemplares dos campeões da pecuária, fazendas, obras de arte, joias, esculturas, coleções famosas, móveis assinados. Mas também foi a sede da sociedade mais seleta de Buenos Aires, tanto da classe pecuária quanto da cultura de Buenos Aires.

Inaugurado em 15 de setembro de 1988, está localizado em uma área privilegiada da cidade, pois, além de ser uma das áreas mais populosas e cheque, está rodeado por prestigiosos hotéis e embaixadas com arquitetura francesa do Século XIX e Século XX.

A opinião geral concorda que este centro comercial é o mais elegante da cidade, ao nível da localização, design, construção e, também, que nas suas instalações se encontram as marcas de maior prestígio.

Após a crise argentina de 2001, a atividade turística foi reativada com maior força no país e ainda mais na cidade de Buenos Aires.

O Patio Bullrich, por estar localizado em uma área central, próximo a hotéis de alto padrão e um emblema histórico-cultural que contém parte da tradição portenha do início do século XX, é um local oferecido dentro do circuito turístico da cidade. São realizadas atividades específicas para esses clientes, como shows de tango, cartões de descontos oferecidos em hotéis da região e translado gratuito do hotel ao shopping.

Shopping do Abasto (Spinetto)


Algo diferente era o Shopping Spinetto, também produto de uma reabilitação, mas neste caso, de um mercado de frutas e verduras como era o Mercado Buenos Aires localizado no bairro menos “exclusivo” de Balvanera.

O edifício original foi substituído em 1930 por um novo e o projeto dos engenheiros Delpini, Sulsio e Besque ganhou o concurso municipal. Acabou por ser um dos edifícios mais bonitos e inovadores da cidade. Com uma superfície de 44.000 m2, dispunha de acesso direto à via férrea, estacionamento subterrâneos, duas escadas rolantes, 540 estações com telefone e câmaras frigoríficas.

Em 1984 o velho mercado do abasto foi fechado.

Finalmente, em novembro de 1998, o shopping foi inaugurado. No ato de inauguração estiveram presentes o então Presidente da Nação, Carlos Menem e o prefeito de Buenos Aires, Fernando de la Rúa.

Galerias Pacífico


Localizado na esquina das ruas Flórida e Córdoba, é um dos recantos mais tradicionais da cidade de Buenos Aires, tornou-se um dos shoppings de design mais exclusivo de Buenos Aires, característica que o distingue desde seu nascimento. Seus visitantes são consumidores de alto nível socioeconômico – cultural e turistas que vêm ao local para visitar este espaço comercial.

Galerías Pacífico representa uma das propostas mais sofisticadas do calçadão da Flórida. Por lá passam todos os meses 900 mil pessoas, que podem ver 173 lojas e estandes de marcas líderes, além de uma praça de alimentação com duas dezenas de propostas gastronômicas entre as quais, cerca de 8 mil pessoas escolhem para comer.

Se algo distingue o centro comercial, é uma série de famosos murais realizados, entre 1945 e 1947, pelos mais destacados pintores argentinos da época: Berni, Spilimbergo, Castagnino, Colmeiro Guimarás e Urruchúa, considerada a manifestação mais importante do muralismo argentino.

Torres del Sol


Torres del Sol foi pioneira em Pilar, uma área que passa por um espetacular crescimento urbano e populacional em poucos anos, devido à construção de urbanizações, clubes de campo e bairros privados que se expandiram desde a década de oitenta (processo chamado suburbanização das elites), necessitando de espaços de serviços de todos os tipos.

Las siguientes líneas de transporte tienen rutas que pasan cerca de Shopping Torres del Sol

  • Colectivo: 203, 510 R4, 510 R5, 510 R9, 57 N0
  • Tren: BELGRANO NORTE

Unicenter


Unicenter, da empresa chilena Cencosud, constrói o maior shopping center do país tendo como modelo os shoppings norte-americanos e canadenses, projetado pelo estúdio International Design Group de Toronto, Canadá, em conjunto com o arquiteto Rolf Ziezke à frente do estúdio Bauform.

O Unicenter está localizado na Avenida Panamericana, a 17 km do centro da cidade, em meio a uma área residencial de casas baixas. “Tem um carácter sólido e seco”, com amplos estacionamentos e espaços ajardinados à sua loja ancora é o hipermercado Jumbo.

 

Localização dos Shopping Centers


Na Cidade Autônoma de Buenos Aires, 42% dos shoppings estão concentrados no corredor norte, nos bairros Retiro, Palermo, Recoleta e Saavedra, área de médio-alto e alto poder aquisitivo; as zonas central e oeste concentram, cada uma, 21%, com os bairros de Caballito e Balvanera e Villa Devoto, Villa del Parque, Liniers e Villa Pueyrredón respectivamente.

Nos bairros da Grande Buenos Aires, 55,8% dos shopping centers se concentram também na zona norte, em bairros como Pilar, San Isidro, Tigre, Escobar e Vicente López; 29,4% na zona sul, nos distritos de Avellaneda, Quilmes, Lomas de Zamora, Ezeiza; 18,5% na zona oeste, nos distritos de Morón, San Martín, Moreno e La Matanza.

Shoppings na Ciudad Autónoma de Buenos Aires. Fuente elaborado por Sassano Luiz

No resto do país, as maiores concentrações estão em cidades densamente povoadas como Córdoba, Rosário, Mendoza e / ou cidades turísticas como Mar del Plata, Ushuaia, Puerto Iguazú, entre outras, embora a tendência seja cobrir cidades com mais. mais de 100.000 habitantes.

Buenos Aires concentra o maior número por unidade de área com cinquenta e sete centros comerciais (dezenove na Cidade Autônoma e trinta e oito na região metropolitana) e o restante (cinquenta e seis) em várias cidades do país.

Os centros comerciais surgiram no final dos anos oitenta, multiplicaram-se durante o período de estabilidade (década de 90), o seu crescimento parou com os anos de recessão e crise geral (2002-2003) e nos últimos dez anos apresentaram uma explosão novo crescimento. Portanto, podemos diferenciar 4 estágios:

  • A) Primeiras aberturas (final dos anos 80).
  • B) Crescimento e consolidação (anos 90).
  • C) Estagnação (2002-2003).
  • D) Boom comercial (desde 2004).

A tendência de instalação dos primeiros centros comerciais foi no sentido de zonas urbanizadas centrais, situação muito diferente da dos Estados Unidos ou do Brasil, tendência que se inverteu nos últimos anos com o surgimento de inúmeros centros comerciais de diferentes tipologias nos bairros periféricos da Grande Buenos Aires para fornecer serviços aos grandes empreendimentos residenciais privados que surgiram nos anos 80 e que visavam uma classe alta ou média alta.

 

fonte:

  • Transformación comercial en Buenos Aires: origen, evolución y localización de los shopping centers como símbolo de la posmodernidad comercial – Silvana Sassano Luiz (1)
  • http://www.abasto-shopping.com.ar/
  • http://www.shoppingbullrich.com.ar/marcas.php
  • http://www.soleilpremiumoutlet.com.ar/
  • https://www.irsa.com.ar/perfil_corporativo_inst.php
  • http://shopping.torresdelsol.com.ar/

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.