CLÁSICA e MODERNA: Quando uma livraria fecha, os livros ficaram órfãos

Após 80 anos, a Clásica y Moderna fechou, o local de encontro para escritores, músicos e outros artistas de Buenos Aires. Neste local da Avenida Callao, Livros, Literatura e Café conviviam de mãos dadas.

A Livraria Clássica e Moderna estava há mais de 80 anos na Avenida Callao 892. Foi declarada de Interesse Cultural pela Assembleia Legislativa de Buenos Aires em 2013, por ter sido um ponto de encontro reconhecido de artistas, escritores, jornalistas e intelectuais como Jorge Luis Borges e Adolfo Bioy Casares. Hoje está fechada. A morte de sua dona em 2017, Natu Poblet, uma dívida de aluguel e a queda na venda de livros e do bar, acabaram com um lugar histórico da cidade. Continue lendo “CLÁSICA e MODERNA: Quando uma livraria fecha, os livros ficaram órfãos”

BAR NOTABLE “GATO NEGRO”: Uma verdadeira festa para os sentidos e a imaginação

Aquela esquina que sempre cheira bem, exoticamente boa, localizada no meio da Avenida Corrientes 1600, em meio a brilhantes marquises de teatros, livrarias, lojas de discos, pizzarias e restaurantes. Sua boiserie refugiada nas paredes, balcões e prateleiras que, estando tão bem conservados, parecem novos; mas carregam a azáfama de 90 anos de história.

O Gato Negro faz parte da identidade da cidade, a ponto de ser declarado Sítio de Interesse Cultural pela Legislatura da Cidade Autônoma de Buenos Aires. Além disso, é considerado Bar Notável, categorização concedida pela Comissão de Proteção aos Cafés Notáveis, Bares, Bilhar e Confeitaria da Cidade. Continue lendo “BAR NOTABLE “GATO NEGRO”: Uma verdadeira festa para os sentidos e a imaginação”

BARES NOTÁVEIS de Buenos Aires: A rua Florida no bairro de Retiro

A rua Florida é  exclusiva para pedestres e turistas ávidos de fazer compras. Localizada no microcentro da cidade ela nasce na Av de Maio, e para quando você chegar ás Galerias Pacifico e cruzar a Av. Cordoba, a rua continua sendo a mesma mais o bairro muda de nome: de San Nicolas para Retiro.

No final da Florida você chega á belíssima Praça San Martin, descendo a barranca se encontra a Estação de trem Retiro e a Rodoviária de Ónibus.

Então, se você sobreviver a beleza e as tentações das Galerias Pacifico, e continua andando a rua Florida ate o final, vamos marcar três “Bares Notáveis”, para você incluir e desfrutar no seu roteiro. Continue lendo “BARES NOTÁVEIS de Buenos Aires: A rua Florida no bairro de Retiro”

Esquina Homero Manzi: Show de tango no bairro de Boedo

Argentina_tanguería_show_turismo_tango_Unesco_San Juan_Boedo_bairro_barrio_patrimonio_bares notáveis_San Lorenzo

Na esquina de San Juan e Boedo encontra-se um antigo café que deve seu nome a um dos letristas mais famosos da Argentina: a Esquina Homero Manzi.

Hoje o lugar é um ponto de encontro e de atrações culturais que lembra a cultura urbana dos anos 40, um lugar histórico que representa o verdadeiro subúrbio e evoca outros tempos . Por suas mesas passaram músicos de tango que protagonizaram a expressão artística mais representativa da cidade.

Em 2004, ele foi declarado “Café Notável” pela Comissão para a Proteção e Promoção dos Cafés, Bares, Bilhares e Confeitaria Notáveis da Cidade de Buenos Aires e no mesmo ano, a esquina da residência foi considerada Área de Proteção Histórica. Continue lendo “Esquina Homero Manzi: Show de tango no bairro de Boedo”

BARES NOTABLES de Buenos Aires: O dia que a Flor de Barracas se marchetou

O famoso Bar Notavel “La Flor de Barracas” não escapou daquilo que vivem centenas de bares em decorrência da pandemia do coronavírus. Os custos de manutenção desses estabelecimentos, as contas caras de luz e gás e a baixa arrecadação resultaram no fechamento de diversos estabelecimentos gastronômicos na cidade de Buenos Aires. Continue lendo “BARES NOTABLES de Buenos Aires: O dia que a Flor de Barracas se marchetou”

BARES NOTABLES de Buenos Aires: Bairro San Telmo

Argentina_Notaveis_Tango_bairro_Patrimonio_Cultural_ciudad_barrio_ Gardel_San Telmo_bar_mercado

Em 1998, foi criada a “Comissão de Proteção e Promoção de Cafés, Bares, Bilhares e Confeitarias Notáveis”. O que é um café notável? De acordo com o artigo 2º da lei 35/98, aquele que possui valor patrimonial próprio por estar relacionado a eventos culturais significativos, por idade, projeto arquitetônico ou relevância local.

San Telmo, conhecido como o bairro boêmio da cidade,  abriga muitos antiquários e os famosos cafés tradicionais argentinos, além de albergues, bares, restaurantes, igrejas e museus.

Aberto em 1864, o El Federal é um dos bares mais antigos de Buenos Aires ainda em funcionamento. Enquanto o Bar Plaza Dorrego esta localizado num edifício de esquina na praça principal, data de 1880. O Mercado San Telmo é um grande mercado com a entrada principal na esquina das ruas Bolívar e Carlos Calvo, data de 1897.

Estes são alguns exemplos de Bares Notables no famoso bairro de San Telmo, que os dias domingo transforma-se numa uma gigante Feira de Artesanato ao longo da rua Defensa. Continue lendo “BARES NOTABLES de Buenos Aires: Bairro San Telmo”

BARES NOTABLES : Os 3 bares mais antigos de Buenos Aires

Las Violetas_Violetas_Medrano_Rivadavia_ Argentina_Notaveis_Tango_ Almagro_bairro_Patrimonio_Cultural_ciudad_barrio

Há mais de 80 Bares e Cafés Notables (Notáveis) reconhecidos pela sua antiguidade que fazem parte do patrimônio cultural da cidade.

Buenos Aires possui uma “cultura de café” muito forte e muitos dos seus bares e cafés foram palcos de importantes eventos históricos, culturais e literários. Figuras relevantes, como Jorge Luis Borges e Carlos Gardel e muitos outros eram clientes habituais destes lugares conhecidos.

Alguns cafés são uma cápsula do tempo, resgatando a beleza da “Belle Époque” da cidade, ensinando na decoração delicados “vitraux” e ornamentações do passado.

A seguir, os três Cafés Notáveis mais famosos de Buenos Aires que você não pode deixar de incluir no seu roteiro turístico pelos bairros mais antigos da cidade. Continue lendo “BARES NOTABLES : Os 3 bares mais antigos de Buenos Aires”

BARES NOTABLES de Buenos Aires: Bairro de Monserrat

Argentina_Notaveis_Tango_bairro_Patrimonio_Cultural_ciudad_barrio_ Gardel_Monserrat_bar_Av. Belgrano_

Buenos Aires tem cafés e bares que foram cenários de atividades culturais significativas e que, por antiguidade, arquitetura ou relevância local, são declarados Cafés Notáveis e fazem parte oficialmente do Patrimônio Cultural da Cidade. Consideram-se notáveis a aqueles bares, bilhares o confeitarias relacionados com feitos ou atividades culturais de significância; aqueles cuja antiguidade, desenho arquitetônico ou relevância local, lhe outorgam um valor próprio.
Há mais de 70 Bares e “Cafés Notables” (Notáveis) que tem como característica de serem os mais representativos da cidade. Hoje vamos percorrer o bairro de Monserrat que junto ao bairro San Telmo, hoje envolvidos num mesmo tecido urbano continuo, representam os sitios mais tradicionais do Casco Histórico da cidade de Buenos Aires. Continue lendo “BARES NOTABLES de Buenos Aires: Bairro de Monserrat”

GRANDE HOTEL de Ouro Preto: A disputa entre a arquitetura modernista de Oscar Niemeyer e o projeto neocolonial de Carlos Leão

Oscar Niemeyer_Arquitetura_Modernista_Minas Gerais_Brasil_Estrada Real_Patrimônio_IPHAN_Carlos Leão_Neocolonial_Burle Marx_Gastronomia_Hotelaria_Hotéis_Turismo

A inserção do Grande Hotel de Oscar Niemeyer em Ouro Preto marca umas das primeiras inserções modernistas em sítios históricos no país, no momento em que a arquitetura modernista tinha grande força e o SPHAN estava em fase de consolidação.

Os projetos apresentados envolviam uma disputa conceptual dentro do âmbito da Arquitetura daqueles tempos: Moderista vs Neocolonial. Os modernistas asseguravam que seus projetos não eram suscetíveis de confundir-se com as edificações tradicionais da cidade de Ouro Preto, conformando expressões genuínas de contemporaneidade … enquanto o projeto neocolonial era julgado de “falsa arquitetura”, capaz de desvirtuar o verdadeiro contexto histórico, dando como resultado; expressões híbridas contemporâneas. Continue lendo “GRANDE HOTEL de Ouro Preto: A disputa entre a arquitetura modernista de Oscar Niemeyer e o projeto neocolonial de Carlos Leão”