O VELHO ARMAZÉM: TANGO SHOW no bairro de San Telmo

Esta esquina respira Tango: Farois, paralelepípedos, um pedaço do bairro colonial de San Telmo que oferece um Show de Tango de primer nível. Como todos os espetáculos denominados “Tango Show”, o local reúne uma destacadíssima proposta gastronómica que atende aos centos de turistas que visitam esta emblemática esquina de San Telmo.

Em 2009, o local estreou outro espaço em um prédio em frente às instalações clássicas que o cantor Edmundo Rivero tenha criado em 1969, atendendo á demanda e o crescimento do turismo. Assim deram origem a um conjunto gastronômico formado por três restaurantes, bar e terraço VIP.

Depois de desfrutar de um jantar gourmet os visitantes atravessam a estreita Rua Balcarce para se submergir neste histórico local. Um espaço que mantém a atmosfera original e contém milhares de memórias, anedotas e histórias de personagens de renome do Tango Argentino. Continue lendo “O VELHO ARMAZÉM: TANGO SHOW no bairro de San Telmo”

El Viejo Almacén: o Velho Armazém do bairro de San Telmo

Andando pelas ruas do bairro San Telmo, suas casas antigas resistem à passagem do tempo. E assim chegamos a um canto famoso do Tango, Balcarce e Independencia, uma esquina reconhecida internacionalmente por abrigar a casa de tango mais tradicional, a pioneira: El Viejo Almacén.

Há 50 anos, o tanguero Edmundo Rivero transformou o local para sempre em uma Casa de Tango: um reduto que inevitavelmente nos leva ao momento mais romântico de Buenos Aires, um tempo de tradição, cortes e quebradas. Continue lendo “El Viejo Almacén: o Velho Armazém do bairro de San Telmo”

Tango Show: Café de los Angelitos

Notaveis_Argentina_Tango_Show_Milonga_Turismo_Balvanera_Carlos Gardel_Lavado dinero

O Café de los Angelitos é um café histórico de tango na cidade de Buenos Aires, localizado na esquina da Avenida Rivadavia e Rincón, no bairro de Balvanera. Foi o local onde Carlos Gardel estabeleceu a turma dele a partir de 1912, quando iniciou sua carreira artística formando uma dupla com José Razzano. Este último, em 1944, compôs um famoso tango com letras de Cátulo Castillo, intitulado precisamente “Café de los Angelitos”.

Carlos Gardel morava na rua Rincón 100, que costumava comer puchero ou tomar uma bebida. Ele estava tão acostumado com o local que assinou aqui junto a José Razzano seu primeiro contrato de gravação com a Odeón. Continue lendo “Tango Show: Café de los Angelitos”