Basílica Nossa Senhora do Pilar – Parte III: O Templo e o Convento

Centro_Cultural_recoletos_Franciscanos_Altar_Reliquias_Capilla_Cemitério

Em 1715, os frades recoletos descalços começaram a construção da igreja e do convento no que é hoje o bairro de Recoleta, em Buenos Aires. Inaugurada em 12 de outubro de 1732, a basílica Nuestra Señora del Pilar é o segundo templo mais antigo da cidade de Buenos Aires e o que melhor preserva o estilo colonial barroco original.

Construída pelos jesuítas, a Basílica Nuestra Señora del Pilar conserva altares, imagens e ornamentos originais. A igreja é um relicário de obras de arte, entre as quais destacam-se os Altares Laterais da Virgem do Carmo e do Cristo da Paciência e Humildade e uma escultura de San Pedro de Alcántara atribuída a Alonso Cano.

O visitante também tem a oportunidade de visitar um pequeno museu, onde antes ficavam os claustros dos frades recoletos. Fechados por quase três séculos, as galerias, praticamente intactas, foram abertas ao público em 1997, como um museu de arte. Continue lendo “Basílica Nossa Senhora do Pilar – Parte III: O Templo e o Convento”

Embelezamento de Cidades: Este ano Cartagena tem problemas com sua iluminação de Natal

Colômbia_Reloj_Latinoamerica_Arquitetura_Patrimonio_Colonial_Unesco_Bolivar_ Praça_Igreja

A poucos dias do início da alta temporada a Cartagena das Índias não possui os recursos nem tem um projeto claro para a montagem das luzes de Natal.

Enquanto em algumas cidades do país, até essa data, começou a instalação de enfeites relacionados ao Papai Noel, a chegada do Menino Jesus, entre outras imagens típicas desses festivais tradicionais, em Cartagena, a iluminação pública de Natal ainda é uma incógnita. Continue lendo “Embelezamento de Cidades: Este ano Cartagena tem problemas com sua iluminação de Natal”

Matriz de Santo Antônio, Tiradentes (MG) – Parte I: Fachada do mestre Aleijadinho

Matriz_Patrimônio_Unesco_arquitetura_Estrada_Real_Aleijadinho_ Irmandade_Barroco Mineiro_Irmandade_Latino America

Valorizando a figura do herói da Inconfidência Mineira, em 6 de dezembro de 1889, o governo republicano homenageia Tiradentes colocando seu nome na antiga cidade de Santo Antônio da Ponta do Morro. Atualmente, o centro histórico da cidade de Tiradentes é reconhecido como Patrimônio Cultural da Humanidade, tomado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), considerado um dos pontos turísticos mais importantes do Brasil.

A Igreja Matriz de Santo Antônio, impõe-se à paisagem de Tiradentes e pode ser apreciada de diversos pontos da cidade. Ela compõe belos quadros com a Serra de São José, ipês amarelos e casarões coloniais. 

Em esta primeira parte vamos a conhecer o exterior da igreja cujo risco da fachada pertence ao mais famoso artista do Barroco Mineiro: o Aleijadinho. Na segunda parte veremos o interior deslumbrantemente dourado já que esta igreja é considerada a segunda igreja em ouro do Brasil, sendo a primeira em Salvador, Bahia. No seu interior um órgão datado de 1788, trazida pelos portugueses e que é classificado como um dos quinze mais importantes do mundo.

Continue lendo “Matriz de Santo Antônio, Tiradentes (MG) – Parte I: Fachada do mestre Aleijadinho”

Basílica Nossa Senhora do Pilar – Parte II: O segundo templo mais antigo da cidade de Buenos Aires

Centro_Cultural_recoletos_Franciscanos_Ombúes_Virgem_Cemitério

Localizada junto ao cemitério, a Igreja do Pilar é a segunda mais antiga da cidade. Sua história começou em 1708, quando foi construída como igreja e convento para receber os frades “Recoletos” da Ordem Franciscana, que vieram da Espanha.

E foi assim que surgiu o nome do bairro: Recoleta.

Também conheceremos as histórias de Juan de Narbona e Torcuato de Alvear, as duas pessoas que mais fizeram para transformar o bairro da Recoleta em um dos mais distinguidos e aristocráticos da cidade de Buenos Aires.

Continue lendo “Basílica Nossa Senhora do Pilar – Parte II: O segundo templo mais antigo da cidade de Buenos Aires”

Ermita San Roque: Os primeiros Hospitais de Cartagena

Uma ermita é um pequeno edifício tipo capela. Tipicamente era um lugar de oração e recolhimento que permitia a um frade ou eremita cultivar sua própria vocação em paz. Posteriormente, o significado foi estendido para incluir capelas, igrejas ou outros santuários, geralmente pequenos, localizados na zona rural e que não tinham culto permanente.

Neste post vamos conhecer a historia desta pequena igreja relacionada a uma epidemia de peste que arrasou Cartagena em meados do século XVII e a criação dos primeiros hospitais da cidade de Cartagena, que desde o início da época colonial, como todas as cidades Latino-americanas, sofreram a ameaça constante de pestes, epidemias e doenças incuráveis. Continue lendo “Ermita San Roque: Os primeiros Hospitais de Cartagena”

Igreja e Convento Santo Domingo, Cartagena Colômbia

Igreja e Convento de Santo Domingo – História

A igreja do convento de Santo Domingo fica em um terreno de esquina formado pela Callejón de los Estribos e Calle de Santo Domingo, ambas retas; no entanto, seu ângulo de união é obtuso. A igreja foi desenvolvida com seu eixo principal paralelo ao Beco dos Estribos, em frente à fachada principal, a Plaza de Santo Domingo uma das mais animadas e concorridas praças de Cartagena, cheia de barzinhos, lar da famosa escultura “Gertrudis”, do mestre Fernando Botero. Continue lendo “Igreja e Convento Santo Domingo, Cartagena Colômbia”

Catedral Santa Catalina de Alejandría (Cartagena de Indias)

Colômbia_Reloj_Latinoamerica_Arquitetura_Patrimonio_Colonial_Unesco_Bolivar_ Praça_Igreja

São os primeiros dias de janeiro e me vejo andando pelas ruas de Cartagena, onde os ornamentos de iluminação devido aos feriados de Natal e Ano Novo ainda permanecem nas ruas embelecendo a cidade com um efeito fantasioso muito original. A linda cúpula, adornada com belas cores e iluminada à noite, serve de farol e representa uma das jóias mais destacadas da cidade amuralhada.

A Catedral  de Santa Catalina de Alejandría está localizada no centro histórico de Cartagena no canto leste do Parque de Bolívar, na Praça da Proclamação, e é a sede episcopal do Arcebispo de Cartagena, uma das mais antigas sedes e catedrais da América.

A planta da Igreja está relacionada às igrejas construídas na Espanha na época dos monarcas católicos. Seu design se deve ao arquiteto Simón González, que inspirou-se em algumas igrejas da Andaluzia.

Deve-se dizer também que talvez tenha sido uma das igrejas que teve mais problemas a serem concluídos, pois sofreu intervenções para mudar de posição, colapsos e ataques de piratas com o inglês Drake que sitiou Cartagena durante dois meses em 1586. Continue lendo “Catedral Santa Catalina de Alejandría (Cartagena de Indias)”