Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade na Colômbia: Os bens culturais nomeados pela UNESCO – Parte II

UNESCO_Inmaterial_CULTURAL_Musica_Teatro_ritos_comunidade_Carnaval_Festa_Cultura_Humanidade_tradição_dança _tambor_Palenque

A Unesco define como patrimônio imaterial “as práticas, representações, expressões, conhecimentos e técnicas – com os instrumentos, objetos, artefatos e lugares culturais que lhes são associados – que as comunidades, os grupos e, em alguns casos os indivíduos, reconhecem como parte integrante de seu patrimônio cultural”. Esta definição está de acordo com a Convenção da Unesco para a Salvaguarda do Patrimônio Cultural Imaterial, ratificada pelo Brasil em março de 2006 e ratificada por Colômbia em 19 de março de 2008.

O Carnaval Preto e Branco de Pasto comemora o Dia dos Negros e e o Dia dos Brancos, onde ocorre o Grande Desfile, no qual milhares de pessoas admiram o trabalho duro dos artistas de murgas , comparsas, coletivos coreográficos e as imponentes carrozas que com seus desenhos, recriam mitos e lendas da região. Enquanto no Carnaval de Riosucio o “Diabo do Carnaval” é a figura central da festa.

Em Popayán as procissões da Semana Santa acontece nas ruas onde os santos desfilam acompanhados por fileiras de fiéis que se vestem com hábitos religiosos e carregam velas e são adornados com ricos arranjos florais. Continue lendo “Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade na Colômbia: Os bens culturais nomeados pela UNESCO – Parte II”

Matriz de Santo Antônio, Tiradentes (MG) – Parte I: Fachada do mestre Aleijadinho

Matriz_Patrimônio_Unesco_arquitetura_Estrada_Real_Aleijadinho_ Irmandade_Barroco Mineiro_Irmandade_Latino America

Valorizando a figura do herói da Inconfidência Mineira, em 6 de dezembro de 1889, o governo republicano homenageia Tiradentes colocando seu nome na antiga cidade de Santo Antônio da Ponta do Morro. Atualmente, o centro histórico da cidade de Tiradentes é reconhecido como Patrimônio Cultural da Humanidade, tomado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), considerado um dos pontos turísticos mais importantes do Brasil.

A Igreja Matriz de Santo Antônio, impõe-se à paisagem de Tiradentes e pode ser apreciada de diversos pontos da cidade. Ela compõe belos quadros com a Serra de São José, ipês amarelos e casarões coloniais. 

Em esta primeira parte vamos a conhecer o exterior da igreja cujo risco da fachada pertence ao mais famoso artista do Barroco Mineiro: o Aleijadinho. Na segunda parte veremos o interior deslumbrantemente dourado já que esta igreja é considerada a segunda igreja em ouro do Brasil, sendo a primeira em Salvador, Bahia. No seu interior um órgão datado de 1788, trazida pelos portugueses e que é classificado como um dos quinze mais importantes do mundo.

Continue lendo “Matriz de Santo Antônio, Tiradentes (MG) – Parte I: Fachada do mestre Aleijadinho”

Igreja de São João Evangelista, Tiradentes (MG) – Parte I: O encanto da simplicidade

Iglesia_Museu_TOLEDO_MINAIS_GERAIS_Patrimônio_arquitetura_Estrada_Real_

Seguida da Matriz, a igreja de São João Evangelista é a maior igreja de Tiradentes. Ela está entre as mais simples igrejas da cidade e pode até passar despercebida com sua fachada sem torres, sendo o sino disposto em uma das janelas.

A Irmandade de São João Evangelista dos Homens Pardos foi fundada por volta de 1740 na igreja Matriz de Santo Antônio. A imagem de São João surgiu no retábulo lateral do Descendimento de Cristo da Cruz, onde atualmente ainda existe uma imagem dele na matriz, ao pé da cruz.  Continue lendo “Igreja de São João Evangelista, Tiradentes (MG) – Parte I: O encanto da simplicidade”

Museu do Padre Toledo, Tiradentes (MG) Brasil

Museu_Toledo_Tiradentes_Brasil_Espelho_Forro_Pintado

Adoro os museus cuja tipologia CASA-MUSEO oferece a possibilidade de descobrir muitas figuras e histórias nos quartos, salões e pátios,  de antigos caseroes. O solar conhecido historicamente como “Casa do Padre Toledo” é um dos bens culturais mais preciosos construídos no século XVIII em Minas Gerais.

A casa onde morou o inconfidente Padre Toledo, hoje Museu Padre Toledo, é uma atração que vale a pena ser visitada em Tiradentes. Sua casa em Tiradentes era considerada uma das melhores da época. São 16 cômodos, um porão, um pátio e uma residência anexa. Além da casa, que por si só já é linda, quem vai ao museu conhece um mobiliário original do século XVIII, imagens sacras, telas, mapas e utensílios domésticos. É possível ainda a preciar 11 forros policromados, com pinturas artísticas ao estilo rococó, datadas do século XVIII.

Durante o processo de restauração, foram descobertas pinturas no forro e nas paredes. Todos os quartos da casa tem o forro pintado brindando um encanto particular a cada ambiente, daquele mesmo tipo de pinturas que achamos nos tetos das igrejas da cidade e a região.

A entrada na primeira sala do museu é reveladora. Um jogo de espelhos foi montado numa mesa de modo que é só olhar ligeiramente para baixo para observar toda a pintura do forro em gamela … de uma proposta diferente, realmente maravilhoso. Continue lendo “Museu do Padre Toledo, Tiradentes (MG) Brasil”

igreja SANTA RITA de CÁSSIA, Paraty (RJ), Brasil

Colónia_Irmandade_ museu_Arquitetura_ IPHAN_MAS_ Patrimônio_Estrada,_Real

Passear pelo Centro Histórico de Paraty é entrar em outra época. Os cerca de 30 quarteirões do bairro são repletos de belíssimas construções dos séculos XVII e XIX. Muitos turistas do Brasil e do mundo inteiro, visitam a cidade atraídos pela beleza da arquitetura típica do Brasil-Colônia.

Instalado no conjunto arquitetônico da Igreja de Santa Rita – a Igreja mais antiga da cidade, tombada pelo Iphan desde 1952 –, o Museu MAS ganhou uma nova exposição com o intuito de estreitar ainda mais sua relação com a população local, seus ritos religiosos e seus festejos. Continue lendo “igreja SANTA RITA de CÁSSIA, Paraty (RJ), Brasil”

ESTRADA REAL: Gastronomia & Design Colonial: Ouro Preto (MG), Brasil

Não se engane, Ouro Preto não só se trata de Igrejas. Existem pontes, chafarizes, passos, córregos, museus, galerias, universidades, joalherias, etc … em fim, um sem-fim de atividades que merecem uma estadia mínima de três dias para conhecer todas suas belezas.

Depois de tanto subir e baixar por suas íngremes ladeiras a fome ataca e o turista encontra uma variedade enorme de ofertas entre bares e restaurantes.

Hoje vamos recorrer dois restaurantes tradicionais da cidade. O Bené da Flauta Restaurante e Café que está bem ao lado da Igreja São Francisco de Assis, conhecida por ser uma das mais celebradas criações do mestre Aleijadinho. O segundo caso é a Casa do Ouvidor, fica no segundo andar de um sobrado localizado na rua mais comercial de Ouro Preto, na Rua Direita.

Uma característica que distingo a simples vista ao respeito do tipo de local, e que por um lado se encontram aqueles localizados num segundo andar, com varandas, janelas e vistas interessantes (como os dois casos que analisamos em este post), mas também existem outros bares localizados nos térreos dos sobrados, tipo underground, bem diferente (que mais na frente prometo apareceram num próximo post). Continue lendo “ESTRADA REAL: Gastronomia & Design Colonial: Ouro Preto (MG), Brasil”