DIAMANTINA (MG): Igreja Nossa Senhora do Amparo – Parte II: O Cortejo do Imperador na Festa do Divino

Ainda na época do império, a igreja ganhou o título de Capela Imperial e hoje é conhecida por sediar a famosa Festa do Divino, reconhecida como Bem Imaterial de Diamantina.

A Festa do Divino acontece depois da Semana Santa, uma das maiores festas religiosas de Minas Gerais. Os fiéis que integram o Cortejo do Império desfilam fantasiados com incríveis vestimentas da época colonial. A corte imperial é acompanhada por grupos de Congado e Pastorinhas, simbolizando a escolta do Imperador até a Igreja de Nossa Senhora do Amparo.

Há registros de que a Festa do Divino, acontece no antigo Arraial do Tijuco pelo menos desde o século XVIII, sempre vinculada à Capela de Nossa Senhora do Amparo. Continue lendo “DIAMANTINA (MG): Igreja Nossa Senhora do Amparo – Parte II: O Cortejo do Imperador na Festa do Divino”

BASÍLICA de SAN JOSÉ de FLORES – PARTE II: O novo e definitivo templo construído no bairro de Flores

Em 4 de maio de 1879, a pedra fundamental do novo templo foi lançada. O risco esteve a cargo dos arquitetos italianos Benito Panunzi e Emilio Lombardo. A construção foi executada pelos arquitetos Andrés Simonazzi e Tomás Allegrini.

Em 18 de fevereiro de 1883, após 3 anos e 9 meses, foi inaugurada a atual Igreja de San José de Flores. A rápida conclusão da obra foi produto da eficiente ação da comissão encarregada de arrecadar fundos, composta por membros de famílias mais abastadas do bairro de Flores. Continue lendo “BASÍLICA de SAN JOSÉ de FLORES – PARTE II: O novo e definitivo templo construído no bairro de Flores”

BARES NOTABLES de Buenos Aires: San Telmo e Parque Lezama

Os Bares Notables estão localizados em uma movimentada esquina no bairro de San Telmo, na capital argentina.  Reconhecidos como uns dos cafés mais emblemáticos da cidade representam um ícone da boémia de Buenos Aires.

Na esquina da Defensa e Brasil, em frente ao Parque Lezama, fica o Bar Britânico. No canto oposto fica o Café El Hipopótamo. A poucos metros dali o Centro Cultural Torquato Tasso.

A área atrai turistas com suas lojas de antiguidades, o mercado e a feira dos dias domingo, com uma arquitetura em decadência gloriosa e ruas de paralelepípedos cheias de historia. Continue lendo “BARES NOTABLES de Buenos Aires: San Telmo e Parque Lezama”

TIRADENTES (MG): Capela do Bom Jesus da Pobreza – Parte II: O Natal Iluminado de Tiradentes

A Capela do Bom Jesus da Pobreza é Patrimônio Histórico Nacional tombado pelo IPHAN. Pouco se conhece sobre a construção capela do Bom Jesus da Pobreza além do fato de ter sido aberta ao culto em 1786.

A igreja tem fachada simples, em estilo barroco-rococó, e o interior marcado pela imagem de um Jesus Cristo agonizante em meio a um altar de madeira com pinturas florais coloridas. Ela já sofreu várias intervenções desde a construção, incluindo uma grande reforma nos anos 50.

Neste post vamos conhecer o seu interior e o belíssimo “Natal Iluminado” com projeções na fachada que recriam o espirito natalino na cidade histórica de Tiradentes.

Continue lendo “TIRADENTES (MG): Capela do Bom Jesus da Pobreza – Parte II: O Natal Iluminado de Tiradentes”

Café Tortoni: O Bar Notable mais lindo da Av. de Mayo

Este bar não só pertence ao seleto grupo de “Bares Notáveis”, trata-se do bar mais antigo da cidade de Buenos Aires.

O Café Tortoni, o mais antigo e um dos emblemas da cidade de Buenos Aires, onde passaram presidentes, reis, escritores e artistas como Juan Domingo Perón, Marcelo Torcuato de Alvear, Carlos Gardel e Jorge Luis Borges, tem mais de 160 anos de histórica na Av. de Mayo.

Um grande salão com forros de madeira, pilastras neoclássicas, mesas de mármore, vitrais e lustres antigos adornando o teto dão vida a um dos endereços mais antigos e conhecidos da América Latina.  Continue lendo “Café Tortoni: O Bar Notable mais lindo da Av. de Mayo”

El Boliche de Roberto: Bar Notable no bairro de Almagro

Almagro é um bairro de boas opções, todas elas atendendo a proposta de fugir das tradicionais casas de Tango e vivenciar uma experiência verdadeira. O bar é um típico boteco portenho, onde se ouve tango ao vivo a la gorra (ou seja os músicos passam o chapéu), destacando que não se paga ingresso, e não é preciso fazer reserva previa. Entao, não espere jantar, bailarinos coreografados e o charme daqueles shows de Tango que oferecem jantar e traslado ao hotel.

Anteriormente denominado “12 de Octubre”, em referência à data de inauguração da Praça Almagro, que se situa nas suas proximidades, o local recebeu um diploma de reconhecimento do Museo de la Ciudad por ter conservado a estética do ambiente fundado em 1893, e foi declarado “Bar Notavel” com aquele antigo nome que tinha desde finais do século 19.

Lá rola uma espécie de “roda de Tango”. Primeiro cantam os mais jovens. Mas tarde  pela meia-noite, a coisa esquenta e chega a velha guarda que toma conta do pequeno palco.   Continue lendo “El Boliche de Roberto: Bar Notable no bairro de Almagro”

Bares Notables de Buenos Aires: A Poesia e Boêmia de San Telmo

San Telmo é assim: Histórico, Vibrante, Boêmio. Em torno de 20.000 visitantes passeiam todos os finais de semana pela Feira de Antiguidades de San Telmo, emblema da zona. Como em uma espécie de grande bazar, sifões, antigas câmaras fotográficas, selos, produtos de couro, bijuteria e artesanato de todo tipo podem ser encontrados entre as mais de 250 barracas colocadas ao longo da rua Defensa.

Nada melhor que combinar um descanso/jantar em um dos tantos “Bares Notables” tradicionais neste bairro de ruas coloniais e prédios antigos. Vamos conferir três  casos dentro do casco histórico da cidade de Buenos Aires, símbolos dentro do Bairro de San Telmo. Continue lendo “Bares Notables de Buenos Aires: A Poesia e Boêmia de San Telmo”

Teatro Municipal de Ouro Preto – Parte II: Restauração da Casa da Ópera

Barroco_Casa da Ópera_Patrimônio Cultural _Humanidade_Unesco_Restauração_Estrada Real_Minas Gerais_Brasil

Em estilo barroco, possui três andares laterais, camarote central e plateia em forma de Lira para 300 lugares no total. É um dos mais belos do Brasil e ainda é palco de muitas apresentações artísticas e culturais em Ouro Preto.

Em 2015 uma das joias mais refinadas da arquitetura colonial mineira voltou a brilhar aos olhos do público e recuperou a função de palco barroco das artes cênicas. Fechado quase dois anos, após interdição pelos bombeiros, a Casa da Ópera de Ouro Preto, tem novamente programação regular e “segurança” para atores, plateia e funcionários, conforme garantem as autoridades locais. Continue lendo “Teatro Municipal de Ouro Preto – Parte II: Restauração da Casa da Ópera”

IGREJA NOSSA SENHORA da MERCED – PARTE I: A chegada da Ordem dos Mercedarios a Buenos Aires

Virgen Merced_Mercedes_Virgem Mercês_Argentina_Patrimonio_ Batalla Tucumán_Nossa Senhora Mercês_San Nicolas_Convento_mercedários

Localizada na esquina das ruas Reconquista e Perón, na igreja de Nossa Senhora da Merced, outra esquina, virada para a Praça de Maio, típica das igrejas coloniais de Buenos Aires.

A principal diferença entre a primeira e a segunda fundação de Buenos Aires é que a primeira chegou de navio, vinda da Espanha, enquanto a segunda chegou por terra, do interior do continente, vinda de Cuzco e Chile.

A irmandade dos Mercedarios esteve presente em ambas. Os freires da primeira expedição acabaram indo para Asuncion, Paraguay. Na segunda fundação Juan de Garay se deu preferência aos franciscanos e dominicanos, para finalmente  os mercedários conseguir construir seu próprio templo e convento. No inicio de 1600 a vida era dura em Buenos Aires. Só tenha o Forte junto à Catedral como referência na atual Plaza de Maio. Tudo na volta era accessível apenas a través de caminhos em mal estado, aguaceiros e matadouros de gado. Morar em Buenos em aqueles tempos era tipo morar nos tempos medievais … o Vice-reinado do Rio da Plata só seria estabelecido em 1776.

Vamos conhecer neste post a história da chegada da Ordem dos Mercedarios em Buenos Aires.

Continue lendo “IGREJA NOSSA SENHORA da MERCED – PARTE I: A chegada da Ordem dos Mercedarios a Buenos Aires”

Café Tortoni: Show de Tango no bar mais antigo de Buenos Aires

Fundado em 1858, o Café Tortoni é parada obrigatória em Buenos Aires. Por um lado é o “Bar Notable” mais antigo da cidade. Por outra parte o emblemático Café Tortoni forma parte do Palacio Carlos Gardel no mesmo edifício onde, no primeiro andar, funciona desde 1993 a sede da Academia Nacional de Tango, e acolhe o único Museu do Tango da cidade.

Por tanto se você for um experto viajante poderia considerar  em pegar umas aulas de Dança de Tango em um dos três salões  disponíveis no primeiro andar, e logo depois combinar um jantar com show ao vivo em um ambiente muito intimista e aconchegante na Sala Alfonsina Storni.

O Café Tortoni sempre tem uma agenda muito activa e dinámica, o local esta sempre cheio. É bom reservar com uma pequena antecedência, se ficar para última hora, você pode pegar uma mesa mais distante do palco. Continue lendo “Café Tortoni: Show de Tango no bar mais antigo de Buenos Aires”