El Querandi: Um Show de Tango em um ambiente íntimo e tradicional

O El Querandi é muito fácil de achar, já que ele fica no centro de Buenos Aires, a dois quarteirões da Praça de Maio, no bairro de Monserrat.

O Querandí tem o melhor show de tango de Buenos Aires, oferecendo um show noturno de excelência, totalmente exclusivo. Em sua jornada nos leva a descobrir  todo o esplendor da cultura do Tango.

Fundado como bar em 1920 e restaurado em 1992, o El Querandi Tango Show é considerado uma “evidência viva da memória do cidadão” pelo Museu da Cidade de Buenos Aires e declarado “Bar Notável” pelo Ministério de Cultura da Nação. Continue lendo “El Querandi: Um Show de Tango em um ambiente íntimo e tradicional”

Puerto Madero: “Rojo Tango” – Show no Hotel Faena

O Hotel Faena Buenos Aires hoje surreal e elegante, era um armazém de grãos até a virada do século 20, quando foi realizada a grande revitalização e urbanização da região de Puerto Madero, hoje o bairro mais exclusivo da cidade de Buenos Aires.

Pisar no Hotel Faena é por si só uma experiência, tendo em vista que é um dos cinco estrelas mais famosos da cidade, decorado nada menos que pelo famoso designer Philippe Starck.

O Rojo Tango é um show íntimo, projetado para desfrutar cada detalhe do tango: melodias harmoniosas, ritmo e sensações que ganham vida na dança, onde você pode assistir um show profissional de primer nível, afinado com a essência do tango. Continue lendo “Puerto Madero: “Rojo Tango” – Show no Hotel Faena”

Tango Show: Café de los Angelitos

Notaveis_Argentina_Tango_Show_Milonga_Turismo_Balvanera_Carlos Gardel_Lavado dinero

O Café de los Angelitos é um café histórico de tango na cidade de Buenos Aires, localizado na esquina da Avenida Rivadavia e Rincón, no bairro de Balvanera. Foi o local onde Carlos Gardel estabeleceu a turma dele a partir de 1912, quando iniciou sua carreira artística formando uma dupla com José Razzano. Este último, em 1944, compôs um famoso tango com letras de Cátulo Castillo, intitulado precisamente “Café de los Angelitos”.

Carlos Gardel morava na rua Rincón 100, que costumava comer puchero ou tomar uma bebida. Ele estava tão acostumado com o local que assinou aqui junto a José Razzano seu primeiro contrato de gravação com a Odeón. Continue lendo “Tango Show: Café de los Angelitos”

Club Gricel: A Milonga mais tradicional do bairro San Cristóbal

Argentina_tanguería_show_turismo_tango_Unesco_San Cristóbal_ Nuevo Gricel_bairro_barrio_patrimonio

Buenos Aires está repleta de tanguerías, casas de show com orquestras e bailarinos ao vivo. Muitas casas oferecem um pacote com jantar, são os famosos “Tango-Show” que junto as “Milongas” são o programa preferido dos turistas que visitam a cidade.

O Club Gricel, após seu fechamento temporário em 2019, reabriu como Nuevo Gricel (o Novo Gricel) com uma serie de milongas e aulas de dança que formam parte da programação, mas com uma particularidade que sempre caracterizou este local;  a Milonga mas emblemática acontece nas segundas. Continue lendo “Club Gricel: A Milonga mais tradicional do bairro San Cristóbal”

Show de Tango: O tradicional “BAR SUR” de San Telmo

Os Bares Notáveis de San Telmo foram reconhecidos como “Patrimônio Cultural da Cidade de Buenos Aires” pela vinculação com a história viva dos portenhos, ser testemunhas de fatos históricos e relevantes da cultura do país e pelo desenho arquitetônico exclusivo.

San Telmo se destaca pelo seu estilo arquitetônico e também porque respirara um ar boêmio muito especial. O Tango é uma dança de contato íntimo, difícil para dançar, adorável para ver e apreciar. É dançado peito a peito, às vezes com um pouco de separação, no estilo de salão, e às vezes pressionado um contra o outro em um abraço próximo, pés e pernas um pouco para fora, movendo-se ao compasso do estilo milonguero.

O Bar Sur é um templo de vida noturna de Buenos Aires. Um centro da arte e cultura do tango na área histórica de San Telmo, fundado em 1967 por um sonhador: Ricardo Montesino. Continue lendo “Show de Tango: O tradicional “BAR SUR” de San Telmo”

MUSEU ZANJÓN de GRANADOS: A cidade de Buenos Aires e seus rios – Parte II

Patrimônio_Argentina_Arquitetura_Casa_Conventillo_Defensa_Arqueología_pluviais_ Jorge Eckstein_Schávelzon

Em 1985, Jorge Eckstein, antigo morador do tradicional bairro de San Telmo, em Buenos Aires, comprou a casa abandonada na vizinhança, a qual pretendia transformar num local cultural e gastronómico. Pouco tempo depois de começar a obra, ele descobriu, por acaso, o que se tornaria um dos sítios arqueológicos mais importantes da cidade.

Uma equipe de arqueólogos analisou a fundação do casarão para entender melhor sua história. Sob a casa descobriram uma construção arqueada diferente, que escavações posteriores acabaram revelando ser a cobertura de um túnel subterrâneo. A investigação revelou que a antiga mansão se encontrava em cima de um intrincado sistema de drenagem.

O processo total demorou quase 20 anos para finalmente mudar o velho casearão no atual museu. A iniciativa do desenvolvimento foi privada a cargo do próprio Eckstein, inaugurado em 2003.

Durante o passeio pela casa e nos túneis, a guia (inglês/espanhol) se encarrega de transportar os visitantes ao passado, contando uma interessante história capaz de nos manter intrigados durante todo o percurso. Continue lendo “MUSEU ZANJÓN de GRANADOS: A cidade de Buenos Aires e seus rios – Parte II”

MUSEU CASA CARLOS GARDEL: Herança sem lugar – Parte II

Não sinto menos do que indignação quando um turista observa: “como não há um museu de tango?!!!”. … Infelizmente, não existe um museu onde esta importante herança nacional seja exibida, uma paixão que abrange o mundo inteiro e tem sua origem na Argentina: Tango e Gardel.

Conheceremos neste post a história do MUSEU CASA CARLOS GARDEL, suas restaurações controversas e o colecionador Walter Santoro, que possui a maior coleção de objetos de Carlos Gardel e ainda aguarda um local onde eles possam ser expostos. Continue lendo “MUSEU CASA CARLOS GARDEL: Herança sem lugar – Parte II”

MUSEU CASA CARLOS GARDEL: Sua primeira e única casa em Buenos Aires – Parte I

Localizado no tradicional bairro Abasto de Buenos Aires, o Museu Casa Carlos Gardel tem como objetivo homenagear o cantor de tango mais importante de todos os tempos, o principal embaixador mundial do tango.

Em 1927, Gardel comprou a casa onde moraria com sua mãe Berta. Anos depois, o cantor decidiu viajar para a França e os EUA, após a morte de sua mãe, a casa foi deixada para o último representante de Gardel. Depois de funcionar como “La Casa del Tango” durante a década de 1980, em 2003 a casa foi convertida em museu. Continue lendo “MUSEU CASA CARLOS GARDEL: Sua primeira e única casa em Buenos Aires – Parte I”

MUSEU ZANJÓN de GRANADOS: A cidade de Buenos Aires e seus rios – Parte I

Os túneis encontrados sob esta antiga casa no bairro de San Telmo não têm nada a ver com os túneis misteriosos da “Manzana de las Luces“, atribuídos a rotas de fuga ou contrabando, uma atividade recorrente nos primeiros tempos da colônia.

A maior parte do sistema de drenagem original de Buenos Aires estava conformado por vários arroyos (riachos/córregos) e foram substituídos por dutos canalizados, enterrados e cobertos. Seu traçado original pode ser descoberto na estrutura em zigue-zague de muitas ruas portenhas.

Este é o caso de dois túneis do Zanjón de Granados que foram descobertos no coração do bairro de San Telmo.

Para falar sobre o Museu Zanjón de Granados, achei que era preciso relatar em primeiro lugar a conformação do sistema pluvial da cidade de Buenos Aires. Para isso vamos falar da bacia do Arroyo Maldonado que nasce nos bairros de Tres de Febrero, La Matanza e Morón. Ela uma das maiores e mais importantes bacias da cidade, uma vez que atravessa todo o centro, de oeste para leste. Continue lendo “MUSEU ZANJÓN de GRANADOS: A cidade de Buenos Aires e seus rios – Parte I”