Teatro Municipal de Ouro Preto – Parte I: A Casa da Ópera

Barroco_Casa da Ópera_Patrimônio Cultural _Humanidade_Unesco_Restauração_Estrada Real_Minas Gerais_Brasil

A Casa da Ópera de Vila Rica, é o Teatro Municipal de Ouro Preto, que ostenta, segundo a tradição, o título de mais antiga casa de espetáculos em funcionamento da América do Sul e entrou até para o Guinness Book devido a essa condição.

Preserva a construção original, que demorou de 1745 a 1770 para ficar pronta. A simples fachada externa esconde o interior que remete aos tempos glamorosos do império, quando Ouro Preto era chamada de Vila Rica e o Brasil ainda era colônia de Portugal.

A casa de espetáculo traz também no seu histórico o fato de ter sido o primeiro teatro onde mulheres pisaram em um palco no Brasil. Continue lendo “Teatro Municipal de Ouro Preto – Parte I: A Casa da Ópera”

Puerto Madero: “Rojo Tango” – Show no Hotel Faena

O Hotel Faena Buenos Aires hoje surreal e elegante, era um armazém de grãos até a virada do século 20, quando foi realizada a grande revitalização e urbanização da região de Puerto Madero, hoje o bairro mais exclusivo da cidade de Buenos Aires.

Pisar no Hotel Faena é por si só uma experiência, tendo em vista que é um dos cinco estrelas mais famosos da cidade, decorado nada menos que pelo famoso designer Philippe Starck.

O Rojo Tango é um show íntimo, projetado para desfrutar cada detalhe do tango: melodias harmoniosas, ritmo e sensações que ganham vida na dança, onde você pode assistir um show profissional de primer nível, afinado com a essência do tango. Continue lendo “Puerto Madero: “Rojo Tango” – Show no Hotel Faena”

Tango Show: Café de los Angelitos

Notaveis_Argentina_Tango_Show_Milonga_Turismo_Balvanera_Carlos Gardel_Lavado dinero

O Café de los Angelitos é um café histórico de tango na cidade de Buenos Aires, localizado na esquina da Avenida Rivadavia e Rincón, no bairro de Balvanera. Foi o local onde Carlos Gardel estabeleceu a turma dele a partir de 1912, quando iniciou sua carreira artística formando uma dupla com José Razzano. Este último, em 1944, compôs um famoso tango com letras de Cátulo Castillo, intitulado precisamente “Café de los Angelitos”.

Carlos Gardel morava na rua Rincón 100, que costumava comer puchero ou tomar uma bebida. Ele estava tão acostumado com o local que assinou aqui junto a José Razzano seu primeiro contrato de gravação com a Odeón. Continue lendo “Tango Show: Café de los Angelitos”

Bares Notables de Buenos Aires: O Bairro de Almagro

Almagro é como um dos mais tradicionais da cidade e intimamente relacionados ao tango e aos cafés típicos de Buenos Aires. Muitos dos grandes nomes do tango circulavam por suas ruas e bares, e tem o privilégio de ser o primeiro palco que Carlos Gardel ouviu cantando em um bar localizado na Avenida Rivadavia 3824. Também neste bairro se encontra a Casa Salesiana Pío IX onde ele estudou.

Devido à proximidade do bairro de Almagro com o vizinho Mercado do Abasto, o cantor Carlos Gardel era um visitante frequente de seus bares. Em 1930, gravou um tango chamado Almagro, com letra de Iván Diez e música de Vicente San Lorenzo. Continue lendo “Bares Notables de Buenos Aires: O Bairro de Almagro”

Show de Tango: O tradicional “BAR SUR” de San Telmo

Os Bares Notáveis de San Telmo foram reconhecidos como “Patrimônio Cultural da Cidade de Buenos Aires” pela vinculação com a história viva dos portenhos, ser testemunhas de fatos históricos e relevantes da cultura do país e pelo desenho arquitetônico exclusivo.

San Telmo se destaca pelo seu estilo arquitetônico e também porque respirara um ar boêmio muito especial. O Tango é uma dança de contato íntimo, difícil para dançar, adorável para ver e apreciar. É dançado peito a peito, às vezes com um pouco de separação, no estilo de salão, e às vezes pressionado um contra o outro em um abraço próximo, pés e pernas um pouco para fora, movendo-se ao compasso do estilo milonguero.

O Bar Sur é um templo de vida noturna de Buenos Aires. Um centro da arte e cultura do tango na área histórica de San Telmo, fundado em 1967 por um sonhador: Ricardo Montesino. Continue lendo “Show de Tango: O tradicional “BAR SUR” de San Telmo”

Bares Notables no Microcentro da cidade de Buenos Aires

Os Cafés Notáveis são lugares de relevância para a cidade, por sua história, arquitetura ou importância para o bairro, e formam parte do patrimônio histórico da cidade.

O bairro de San Nicolás sempre cresceu e o ano de 1908 foi um ano de opulência, o Teatro Colón, a Plaza Lavalle e o Palácio dos Tribunais foram inaugurados. Corrientes sempre foi uma  rua de lojas, cafés, confeitarias de reuniões e orquestras típicas, livrarias e teatros famosos. Foi o caso do Teatro Politeama Argentino, onde José Podestá fez uma grande performance de Juan Moreira em 1884 e Sara Bernhart fez Fedra em 1886.

Em 1822, aquela rua foi chamada Corrientes, em homenagem ao papel de liderança que esta província teve nas guerras de independência, e foi-lhe atribuída uma largura de 30 metros virando assim a avenida cultural por excelência de Buenos Aires. Continue lendo “Bares Notables no Microcentro da cidade de Buenos Aires”

BARES NOTABLES: A tradição da comida espanhola em Buenos Aires

Em 1998, o Legislativo da Cidade de Buenos Aires criou a Comissão de Proteção e Promoção de Cafés, Bares, Bilhares e Confeitarias da Cidade de Buenos Aires, dedicada a nomear como notáveis ​​os bares, bilhares ou confeitos relacionados a eventos ou atividades culturais significativas; bem como aqueles cuja antiguidade, projeto arquitetônico ou relevância local lhe conferem valor próprio.

Estamos perto do Congresso Nacional, percorrendo a famosa Av. de Maio no bairro de Monserrat, uma zona que destaca-se  pelo grande número de restaurantes que oferecem comida espanhola tradicional. Continue lendo “BARES NOTABLES: A tradição da comida espanhola em Buenos Aires”

MUSEU CASA CARLOS GARDEL: Herança sem lugar – Parte II

Não sinto menos do que indignação quando um turista observa: “como não há um museu de tango?!!!”. … Infelizmente, não existe um museu onde esta importante herança nacional seja exibida, uma paixão que abrange o mundo inteiro e tem sua origem na Argentina: Tango e Gardel.

Conheceremos neste post a história do MUSEU CASA CARLOS GARDEL, suas restaurações controversas e o colecionador Walter Santoro, que possui a maior coleção de objetos de Carlos Gardel e ainda aguarda um local onde eles possam ser expostos. Continue lendo “MUSEU CASA CARLOS GARDEL: Herança sem lugar – Parte II”

MUSEU CASA CARLOS GARDEL: Sua primeira e única casa em Buenos Aires – Parte I

Localizado no tradicional bairro Abasto de Buenos Aires, o Museu Casa Carlos Gardel tem como objetivo homenagear o cantor de tango mais importante de todos os tempos, o principal embaixador mundial do tango.

Em 1927, Gardel comprou a casa onde moraria com sua mãe Berta. Anos depois, o cantor decidiu viajar para a França e os EUA, após a morte de sua mãe, a casa foi deixada para o último representante de Gardel. Depois de funcionar como “La Casa del Tango” durante a década de 1980, em 2003 a casa foi convertida em museu. Continue lendo “MUSEU CASA CARLOS GARDEL: Sua primeira e única casa em Buenos Aires – Parte I”