Museu de Belas Artes Benito Quinquela Martín (MBQM) no bairro de La Boca

Benito Quinquela Martín foi um dos protagonistas da renovação que as artes plásticas do país viveram a partir da década de 1920 e que deram frutos em uma época de ouro da pintura argentina.  Pintor e muralista argentino, principal membro do grupo de pintores de La Boca, o bairro portuário de Buenos Aires em que nasceu e ao qual sempre permaneceria ligado. Com um estilo naturalista, o tema de sua obra girava, sobretudo, em torno de navios e portos, capturando igualmente a beleza de suas impressões e as duras condições de trabalho.

O acervo do museu (MBQM) esta conformado por uma ampla coleção de obras de artistas argentinos. O museu foi preenchido com óleos, aquarelas, pastéis, templos e pinturas de têmpera feitas em tela, papel e madeira; esculturas em pedra, bronze, como assim também gravuras e desenhos feitos com os mais variados procedimentos. Cerca de 5.000 peças compõem a coleção de fotografias digitalizadas.

O Museu de Belas Artes de La Boca oferece a possibilidade de conhecer a extensa obra artística de Quinquela Martín. O último andar tem a modalidade de Casa Museu, pois trata-se da própria casa e atelier do pintor, com amplos terraços que atuam como sala de exibição da importante mostra escultórica do museu. Continue lendo “Museu de Belas Artes Benito Quinquela Martín (MBQM) no bairro de La Boca”

Museu Nacional de Belas Artes: Um dos museus mais importantes de América Latina

Museu_Belas Artes_América Latina_Recoleta_exposição_arte_patrimônio_arte contemporânea_turismo cultural_muestra_coleccion_Fachada

O Museu Nacional de Belas Artes (MNBA ) foi inaugurado em 1895, apesar de ter sofrido várias mudanças de sede. Alberga o maior património artístico da Argentina e um dos principais da América Latina. Está composto por mais de 12 000 pinturas, desenhos, esculturas e tapeçarias de artistas como El Greco, Van Gogh, Renoir, Monet, Cézanne ou Picasso, bem como clássicos argentinos como Xul Solar e Eduardo Sívori. Destaca-se a sua biblioteca com mais de 160. 000 volumes e o auditório.

Seu extraordinário patrimônio artístico de mais de 12 mil peças que compõem a coleção faz com que seja a acervo público mais importante do subcontinente. Continue lendo “Museu Nacional de Belas Artes: Um dos museus mais importantes de América Latina”

MUSEU CASA DOS CONTOS – Parte I: A maior construção particular da Vila Rica de sua época colonial

Casa dos Contos_Minas Gerais_Estada Real_Unesco_Patrimônio_Museu_Vila Rica_barroco mineiro_João Rodrigues de Macedo_escravos _Casa de Fundição

A Casa dos Contos, um casarão de três andares (o último construído juntamente com algumas alas já no século XIX) é realmente bem mais que um museu. Ela é considerada a maior construção particular da Vila Rica de sua época.

Atualmente acolhe um museu, o Centro de Estudos do Ciclo do Ouro.  Trata-se de um dos mais belos e amplos edifícios residenciais do barroco mineiro, devendo-se o seu risco ao Mestre Antônio de Souza Calheiros.

Considerada por alguns autores o mais bela exemplar da construção civil de Ouro Preto. Continue lendo “MUSEU CASA DOS CONTOS – Parte I: A maior construção particular da Vila Rica de sua época colonial”

Complexo Quinqueleano no bairro de La Boca

Através de seu trabalho artístico, Quinquela Martín percorreu a Argentina e viajou por vários países ao redor do mundo. Seu prestígio aumentou muito, mas ele sempre se manteve firme e fiel a sua temática: o trabalho no porto, os navios, a fumaça de carvão e a vida humilde daquele bairro que estava gravado no fundo do coração: La Boca.

Adotado aos 6 anos de idade, sua infância pobre e o ambiente do porto em que ele foi formado determinaram sua concepção de arte como parte da vida e do artista como um membro ativo e transformador da sociedade.

Em 1933, comprou vários terrenos que doou ao Estado para construir instituições dedicadas à divulgação de obras de arte e sociais. Assim, em 1936 foi inaugurada a escola Pedro de Mendoza e, em 1938, o Museu de Artistas Argentinos, hoje conhecido sob o nome de Museu de Belas Artes Benito Quinquela Martín. Mais tarde, ele doou outros espaços para criar o famoso “Teatro de la Ribera”, o Hospital de Odontologia Infantil, uma Escola Infantil, e um berçário.

“Não considero minhas doações como tal, mas como retornos. Eu devolvi ao meu bairro uma boa parte do que ele me fez ganhar com a minha arte”, disse o pintor.. O Complexo Quinqueleano virou realidade graças a sua  generosidade. No ultimo andar do Museu de Belas Artes o mestre Quinquela Martín instalou sua casa e oficina em 1948. Continue lendo “Complexo Quinqueleano no bairro de La Boca”

Caminito: A criação de Benito Quinquela Martín no bairro La Boca

A paisagem mais colorida da cidade de Buenos Aires foi oficialmente inaugurada em 18 de outubro de 1959. Originalmente correspondia a uma trilha de um trem de carga que abastecia o Puerto de la Boca.

Abandonado pelos serviços da empresa ferroviaria, esse beco virou um terreno baldio cheio de lixo que, em 1959, e graças aos vizinhos e Quinquela Martín, foi reaberto com o nome de um dos mais famosos tangos: Caminito.

Dessa forma, Quinquela Martín transforma o local em um museu ao ar livre criando uma galeria de esculturas e comissiona relevos feitos especialmente para localizá-los lá. Com o tempo, tornou-se um ícone turístico que identifica Buenos Aires. Continue lendo “Caminito: A criação de Benito Quinquela Martín no bairro La Boca”

Museu da Historia do Traje, Buenos Aires: Tango e Moda

Patrimônio_Argentina_Museo_tango_Moda_Montserrat_San Telmo_Cultura

O Museu Nacional da História do Traje abriga uma coleção importante e variada. As peças expostas estão enquadradas no panorama sociocultural da Argentina, especialmente da cidade de Buenos Aires, e ilustram as modas, usos e costumes do final do século XVIII até os dias atuais. Está localizado em uma típica casa antiga do século XIX e possui salas de exposições, auditório, biblioteca, áreas de lazer e um amplo espaço reservado para a oficina de armazenamento e coleções.

No momento de minha visita ao Museu dou com uma mostra relacionada á história do tango e sua vestimenta. Apreciar o tango a partir do vestuário é uma aproximação muito bacana para alguém como eu, que adoro assistir as “milongas”, os locais de baile dedicado aos apaixonados da música e dança de Buenos Aires. Continue lendo “Museu da Historia do Traje, Buenos Aires: Tango e Moda”

Museu EVITA – Buenos Aires, ARGENTINA

O Museu Evita é um importante passeio para quem quer aprender mais sobre a história argentina e descobrir historias que falam de Eva Perón, conta com recursos audivisuais que repassam os acontecimentos da época em filmes, discursos sonorizados, além de objetos, fotos, documentos e uma infinidade de roupas, calçados, bolsas e outros acessórios pertencentes à Evita.

A história fascinante de uma mulher que viveu várias fases e vários personagens em uma única vida, saindo ou entrando em cena para elevar Perón ao posto de presidente e com isso tornando-se uma das mulheres mais poderosas que a história da Argentina já presenciou.

La famosa Plaza Italia localizada no bairro de Palermo congrega ao seu redor o Jardim Botánico, ao Centro de Exposicoes: (Rural Palermo), o novo Ecoparque no local do antecesor Zoologico da cidade de Buenos Aires, fechado em 2017.

O museo esta localizado a uns 6 quarteroes da Plaza Italia, é uma excelente opção para combinar com um tour pelos Bosque de Palermo, com seus hermosos lagoas e o famoso Planetario

Continue lendo “Museu EVITA – Buenos Aires, ARGENTINA”

Museu do Bicentenário: O novo Museu da Casa Rosada, Argentina

Exercício_Plástico_Ejercicio_Alfândega_Aduana_Taylor_Patrimonio_Siqueiros_Latinoamerica

O Museu do Bicentenário é um espaço restaurado e recuperado com rigor patrimonial e arqueológico que possibilitou a valorização de bens pertencentes ao Forte de Buenos Aires do século XVIII (em cujo local foi construída a atual Casa Rosada) e a Alfândega Taylor, construída em 1855. Ambos os edifícios tiveram um papel de liderança no desenvolvimento da história argentina e hoje abrigam como sede o novo Museu do Bicentenário e faz parte do Plano Bicentenário que revisara muitos ícones arquitetônicos da cidade de Buenos Aires em evocação aos festejos dos 200 anos de existência como país soberano (1810 e 2010).

O projeto envolveu uma profunda restauração e consolidação dos restos do edifício em estado de abandono, para transformá-los em um campo museológico contemporâneo moderno e atraente.

No interior, foi instalado o mural “Exercício Plástico” (1933), obra do artista mexicano David Alfaro Siqueiros, considerado um dos principais trabalhos artísticos de toda Latinoamerica.

Continue lendo “Museu do Bicentenário: O novo Museu da Casa Rosada, Argentina”