Biblioteca Nacional – Parte II: A obra maestra de Clorindo Testa que demorou 30 anos em ser construída

A Biblioteca Nacional é uma obra emblemática da arquitetura moderna argentina. A obra teve início em 1971 e levou 30 anos para ser concluída. Neste post vamos conhecer detalhes da obra maestra do arquiteto Clorindo Testa, onde a sala de exposições, o auditório e a confeitaria funcionam como elementos escultóricos que estão pendurados na estrutura.

O edifício foi declarado Monumento Histórico Nacional em 2017. Continue lendo “Biblioteca Nacional – Parte II: A obra maestra de Clorindo Testa que demorou 30 anos em ser construída”

BIBLIOTECA NACIONAL – Parte I: Como a residência presidencial “Quinta Unzué” virou biblioteca

A Biblioteca Nacional foi dirigida pelo escritor Jorge Luis Borges durante 18 anos e finalmente construída onde um dia foi a residência do presidente Juan Domingo Perón e de sua esposa Evita.

Depois do golpe militar de 1955 a residência foi demolida, no local foi projetada a Biblioteca Nacional, a obra que demoro 30 anos em concluir, tornou-se uma marca da arquitetura moderna argentina e um exemplo da variante do expressionismo do século 20 chamada “brutalismo”. Continue lendo “BIBLIOTECA NACIONAL – Parte I: Como a residência presidencial “Quinta Unzué” virou biblioteca”

Café MARGOT: Um típico café de Buenos Aires, num bairro que é sinónimo de Tango: o BOEDO

Argentina_tanguería_show_turismo_tango_Unesco_Boedo_bairro_barrio_patrimonio_bares notáveis_Trianón_Pavita

Buenos Aires tem cafés e bares que foram cenários de atividades culturais significativas e que, por antiguidade, arquitetura ou relevância local, são declarados Cafés Notáveis e fazem parte oficialmente do Patrimônio Cultural da Cidade.

No bairro Boedo, na esquina da Avenida Boedo e a antiga passagem Camio (hoje felizmente leva o nome de meu santo, San Ignacio), encontra-se um tradicional edifício construído no principio do século XX pelo genovês Lorenzo Berisso. Em uma parte do térreo funciona desde 1993 o Café Margot, um lugar destacado e muito frequentado pelos turistas. Continue lendo “Café MARGOT: Um típico café de Buenos Aires, num bairro que é sinónimo de Tango: o BOEDO”

Museu Enrique Larreta: “Un regalo para Evita. Trajes, cultura y política”, Belgrano, Buenos Aires

Evita_Perón_Eva_Figurino_Vestido_Traje_Patrimônio_Histórico_Buenos Aires_Argentina

Comemorando o centenário do nascimento de Evita e mais de setenta anos de sua emblemática viagem pela Europa, a exposição é baseada na coleção de 50 trajes regionais espanhóis apresentados a Eva Duarte de Perón em 1947 por ocasião da viagem da primeira-dama a esse país.

A amostra é composta por uma seleção desses trajes, nos quais todas as províncias espanholas são representadas através de seus vestidos, chapéus, sapatos, jóias e acessórios. Hoje, o conjunto dessas roupas forma uma coleção única no mundo que reflete a diversidade cultural dos povos da Espanha, combinando arte, design e história.

Mas essa coleção teve percurso particular, sempre ligada aos altos e baixos da história nacional, de tesouros perdidos e achados, que sem duvida merece ser contada. Por várias razões que detalharemos mais na frente, essa exposição artística foi exibida apenas cinco vezes: 1947, 1985, 2002, 2011, 2019.

O Museu de Arte Espanhola Enrique Larreta, localizado no belo bairro de Belgrano, foi quem salvou e preservou esta maravilhosa coleção que preserva o espírito e a essência da tradição das cinqüenta províncias espanholas e revive outro capítulo emocionante na vida de Evita. Continue lendo “Museu Enrique Larreta: “Un regalo para Evita. Trajes, cultura y política”, Belgrano, Buenos Aires”

Museu de Arte Espanhola: “ENRIQUE LARRETA”; Buenos Aires, Argentina

Museu_Arte_Espanhola_Evita_Perón_Eva_Figurino_Vestido_Traje_Patrimônio_Histórico_Buenos Aires_Argentina_Belgrano

Sobre a Rua Juramento, a uma quadra da Av. Cabildo, no coração comercial e efervescente do bairro de Belgrano, encontra-se esse museu que alguma vez foi o lar do escritor Enrique Larreta.

O Museu Municipal de Arte Espanhol Enrique Larreta vale a pena ser visitado por sua coleção de arte espanhola, mas também pelo casarão que o abriga e seu magnífico jardim de estilo andaluz de 5000 m2, único em seu tipo na América do Sul.

O patrimônio do museu é de cerca de 2.300 peças, das quais agora são exibidas cerca de 230. Em seus quartos, vivem manifestações genuínas da arte espanhola da Era de Ouro, uma alquimia perfeita entre arquitetura, teatro, literatura e cultura espanhola. Alias, devemos adicionar os mais de 10.000 volumes que possui a biblioteca. Continue lendo “Museu de Arte Espanhola: “ENRIQUE LARRETA”; Buenos Aires, Argentina”