FAENA ART CENTER – PARTE I: Complexo “Los Molinos” em Puerto Madero, combina residências, escritórios, lojas e um museu

Puerto Madero é hoje um ícone turístico e um centro de progresso atraindo a população local e visitantes aos seus parques e atividades culturais.

Inserido no empreendimento imobiliário de Alan Faena em Puerto Madero, o Faena Arts Center inclui a renovação da antiga sala de máquinas de um moinho de farinha. O complexo Los Molinos é composto por dois edifícios históricos com 5 e 7 níveis de vivenda, espaços comerciais no piso térreo, garagens subterrâneas, um novo edifício de escritórios e um Centro Cultural de Eventos.

O empreendimento residencial Los Molinos Building foi desenvolvido desde 2006 sendo o ​​prédio inaugurado em outubro de 2009. A remodelação foi realizada pela McCormack & Asociados. Já o Faena Art Center foi inaugurado em setembro de 2011. Continue lendo “FAENA ART CENTER – PARTE I: Complexo “Los Molinos” em Puerto Madero, combina residências, escritórios, lojas e um museu”

OURO PRETO (MG): Igreja N S das Mercês e Misericórdia – Parte II: A Mercês de Cima e interior do Templo

Mercês de cima_Nossa Senhora das Merces_Estrada Real_Brasil_Minas _Gerais_Unesco_Patrimonio_Humanidade

O altar-mor é ocupado pela imagem da padroeira Nossa Senhora das Mercês e os nichos laterais pelos santos fundadores da Ordem Mercedária, São Pedro Nolasco e São Raimundo Nonato, do mesmo modo que acontece na “Mercês de Baixo” (cujo nome correto é Nossa Senhora das Mercês e Perdões), situada nas baixadas do bairro dos Paulistas e vinculada á Matriz Nossa Senhora da Conceição de Antônio Dias.

A decoração interna é de grande simplicidade, mas uma grande lista de artistas experientes contribuíram na construção e acabamento desta singular igreja de torre única.

Ë o passo obligado para quem vem ou vai pra rodoviária, próxima da Praça Tiradentes, ele é um dos primeiros templos que o visitante encontra ao chegar a Ouro Preto. O seu adro conforma um mirante com uma vista impressionante da cidade. Continue lendo “OURO PRETO (MG): Igreja N S das Mercês e Misericórdia – Parte II: A Mercês de Cima e interior do Templo”

CINEMA e TEATRO VILA RICA: O lendário cinema de Ouro Preto esta fechado

O Cine Teatro Vila Rica representa um marco da história cultural de Ouro Preto. Neste prédio funcionava originalmente o antigo Liceu das Artes e Ofícios (1886-1953), instituição educativa destinada ao ensino das artes e ofícios mecânicos para os sectores mais pobres da população da antiga Vila Rica.

O Cinema de Ouro Preto nasceu em 1957 do sonho de Salvador Trópia e hoje é o único espaço de projeção cinematográfica da região e um dos mais tradicionais de Minas Gerais. A sala sedia uma programação contínua de filmes, eventos artísticos-culturais a níveis nacional e internacional, como o Festival de Inverno de Ouro Preto e Mariana, Fórum das Letras, Fotógrafos em Ouro Preto, CineOP e diversas outras mostras e festivais de cinema como o Festival Varilux de Cinema Francês, que homenageia as produções cinematográficas francesas.

A beleza arquitetônica e a memória histórica do prédio estão de portas fechadas. Uma grande angustia me invade pelo fato de saber que há dois anos o Cinema está fechado e que de seu velho projetor, não sai mais luz não. Continue lendo “CINEMA e TEATRO VILA RICA: O lendário cinema de Ouro Preto esta fechado”

A Basílica Nossa Senhora do Socorro – Parte III: O interior do Templo

Igreja_Iglesia_Retiro_Argentina_Patrimonio_Parroquia_Cristo_Señor_Milagros_Misa Criolla_Segade _Cantoría del Socorro

Os vizinhos do bairro de Retiro adquiriram de um camelô uma bela imagem de Jesus Crucificado que ele carregava descuidadamente em sua carruagem. Aparentemente, o dinheiro não dava para pagá-lo, por isso eles solicitaram ajuda ao bairro, que de bom grado os ofereceu. A imagem sagrada adquiriu fama a traves de sues milagres concedidas. Em 1803 a famosa imagem é trasladada a este templo.

Em 12 de fevereiro de 1898, o Papa Leão XIII a declarou Basílica Menor, sendo o primeiro templo em nosso país a alcançar esta distinção eclesiástica. Continue lendo “A Basílica Nossa Senhora do Socorro – Parte III: O interior do Templo”

OURO PRETO (MG): Nossa Senhora das Mercês dos Perdões – Parte II: A Mercês de Baixo e interior do Templo

Mercês de baixo_Nossa Senhora das Merces_Estrada Real_Brasil_Minas_Gerais_Unesco_Patrimonio_Humanidade

O templo está localizado no alto de uma colina, desde seu adro é possível aceder a um espetacular mirante com vista para a parte velha de Ouro Preto.

A igreja de Nossa Senhora das Mercês dos Perdões que se localizava numa região geográfica abaixo da outra irmandade de Mercês, ficando conhecida também como “Mercês de baixo” e a outra como “Mercês de cima” ou “Mercês e Misericórdia”.

O risco altar-mor, foi encomendado ao mestre Antônio Francisco Lisboa, o Aleijadinho que também teria executado as imagens de roca de São Pedro Nolasco e São Raimundo Nonato, hoje nos nichos laterais do altar-mor. Continue lendo “OURO PRETO (MG): Nossa Senhora das Mercês dos Perdões – Parte II: A Mercês de Baixo e interior do Templo”

MUSEU do ORATÓRIO em OURO PRETO: Oratórios e Objetos da Fé

Escondido no adro da Igreja de Nossa Senhora do Carmo, onde séculos antes funcionava a Casa do Noviciado do Carmo, o Museu do Oratório está entre os mais belos e bem cuidados acervos de Ouro Preto. O museu oferece belíssimas peças referentes à arte e cultura dos oratórios. Totalmente restaurado, o edifício em si já vale a visita, porém é dentro das vitrines onde estão alguns tesouros que contam parte da cultura, história e religiosidade do povo mineiro. Inaugurado em 1998 prédio histórico que foi usado por um pequeno tempo como residência de Aleijadinho. O acervo conta com 162 oratórios e 300 imagens que datam dos séculos XVII ao XX. Continue lendo “MUSEU do ORATÓRIO em OURO PRETO: Oratórios e Objetos da Fé”

Igreja San José de Calasanz – Parte II: O Interior do Templo

A história desta igreja começa em 1900 quando os Padres Escapulários viram a construção de seu colégio concluída sob risco do arquiteto Juan Antônio Buschiazzo. Ele chegou da Itália aos quatro anos de idade, formou-se engenheiro e arquiteto desempenhando com excelência sua função de Diretor do Gabinete dos Engenheiros Municipais da Prefeitura justamente no momento em que Buenos Aires (recentemente declarada capital oficial da República Argentina) enfrentava um processo de remodelação inédito, onde a antiga imagem colonial deu lugar à qualificação do tecido urbano com o traçado de avenidas e parques, paralelepípedos, pontes e a construção do primeiro .

A família aristocrática Ortiz Basualdo foi a principal benfeitora que permitiu a construção do templo. O estilo românico-bizantino com influências lombardas escolhidas por Buschiazzo e o fino interior com o seu Altar-mor em mármore carrara e grandes vitrais, todos trazidos da Europa, conferem à Igreja de San José de Calasanz um local digno de visitar. Continue lendo “Igreja San José de Calasanz – Parte II: O Interior do Templo”

OURO PRETO (MG): Igreja do Bom Jesus de Matozinhos e São Miguel e Almas – Parte I: Analise da belíssima portada do Mestre Aleijadinho

Como em outras localidades de Minas e de Portugal, nesta igreja o culto ao Bom Jesus de Matosinhos está associado à devoção a São Miguel e Almas. Sua locação no afastado bairro de Cabeças, longe do circuito turístico ouro-pretano, não chama a atenção dos turistas que apenas dão conta da inúmera oferta de igrejas, museus e lazer que oferece o centro da cidade histórica agrupada entorno à Praça Tiradentes.

Você precisa saber que esta igreja está fechada por restauração desde 2014. Também é preciso destacar que a belíssima portada é obra do famoso Mestre Aleijadinho executada por volta de 1778. Neste post conheceremos as origens desta igreja e veremos com precisão os detalhes desta magnifica escultura autoria do grande mestre do Barroco Mineiro. Continue lendo “OURO PRETO (MG): Igreja do Bom Jesus de Matozinhos e São Miguel e Almas – Parte I: Analise da belíssima portada do Mestre Aleijadinho”

O FORUM de OURO PRETO: Historia do incêndio em 1949 e sua reconstrução

Ouro Preto está situada na Região dos Inconfidentes, no sudeste de Minas Gerais. O município, que já foi chamado de Vila Rica, foi capital de Minas Gerais e atualmente é considerado Patrimônio Mundial pela UNESCO. Na época da extração de ouro, o município chegou a ser uma das cidades mais populosas da América Latina.

O Fórum era onde funcionava o Poder Judiciário que ocupava um espaço clave na estrutura de poderes: na Praça de Tiradentes, do lado do Palacio dos Governadores. Infelizmente foi atingido por um incêndio em março de 1949 e teve sua reconstrução iniciada em 1953. O edifico atual ja não tem mais os grandes arcos na fachada, os trabalhos de restauração foram assumidos pelo SPHAN quem visava pela restauração e cuidado do Patrimônio Nacional Brasilero, antes do atual IPHAN. Muitas intervenções foram muito discutidas, e hoje conheceremos uma delas: O Forum que pegou fogo em Ouro Preto, Minas Gerais. Continue lendo “O FORUM de OURO PRETO: Historia do incêndio em 1949 e sua reconstrução”

Igreja San José de Calasanz – Parte I: Primeiro o Colegio, depois o Templo

A Av. La Plata começa na Av. Saenz no bairro Pompeya e termina no cruzamento com a Av. Rivadavia no bairro Caballito. Talvez a principal peculiaridade desta avenida seja que todas as ruas e avenidas que a cruzam; elas mudam de nome. Assim, a Av. San Juan na altura de 4000 muda exatamente nesta esquina, virando Av. Diretório. Outra peculiaridade é que a Av La Plata é a linha divisória entre os bairros de Caballito Boedo e embora a igreja esteja na calçada correspondente ao primeiro, o Colegio Calasanz e a Iglesia San Jose de Calasanz são reconhecidos como um patrimônio típico do bairro de Boedo. Continue lendo “Igreja San José de Calasanz – Parte I: Primeiro o Colegio, depois o Templo”