DOME ROOF TOP BAR: Entre as cúpulas da Avenida de Mayo o maravilhoso Hotel Boutique Tango de Mayo oferece seu magnifico terraço

Num edifício histórico renovado, que foi construído em 1913 e que albergava a emblemática fábrica de máquinas de costura Singer, funciona agora um boutique hotel que fascina até nos mínimos detalhes.

Na tradicional Avenida de Mayo, no bairro de Monserrat, a poucos metros da Casa Rosada, do Cabildo, do Obelisco, do Teatro Colón e da Avenida Corrientes, destaca-se este edifício de estilo parisiense do século XIX.

Além disso, no andar térreo e com acesso ao público em geral, o restaurante Zorzal funciona para desfrutar dos sabores da culinária argentina com toques mediterrâneos. E como toque final, é possível contemplar a vista imponente da cidade a partir do Rooftop Bar localizado no terraço do hotel. Continue lendo “DOME ROOF TOP BAR: Entre as cúpulas da Avenida de Mayo o maravilhoso Hotel Boutique Tango de Mayo oferece seu magnifico terraço”

PASSEIO LA PLAZA – Parte I: A Rua Coorientes … A rua que nunca dorme

Por sua vida noturna a Avenida Corrientes se tornou uma verdadeira “Broadway latino-americana” e é conhecida como “a rua que nunca dorme”, isso  porque há uma grande concentração de livrarias, teatros, pizzarias e bares, alguns considerados “Notáveis”, teatros e cabarés onde tocaram os grandes músicos da primeira metade do século XX.

No bairro Microcentro, já bem próximo ao Obelisco, cercado pelas inúmeras salas de teatro e livrarias da rua Corrientes, o Paseo La Plaza é um simpático e agradável centro cultural e comercial, destacando-se por sua grande variedade de estilos e propostas.

Continue lendo “PASSEIO LA PLAZA – Parte I: A Rua Coorientes … A rua que nunca dorme”

Biblioteca Nacional – Parte II: A obra maestra de Clorindo Testa que demorou 30 anos em ser construída

A Biblioteca Nacional é uma obra emblemática da arquitetura moderna argentina. A obra teve início em 1971 e levou 30 anos para ser concluída. Neste post vamos conhecer detalhes da obra maestra do arquiteto Clorindo Testa, onde a sala de exposições, o auditório e a confeitaria funcionam como elementos escultóricos que estão pendurados na estrutura.

O edifício foi declarado Monumento Histórico Nacional em 2017. Continue lendo “Biblioteca Nacional – Parte II: A obra maestra de Clorindo Testa que demorou 30 anos em ser construída”

BIBLIOTECA NACIONAL – Parte I: Como a residência presidencial “Quinta Unzué” virou biblioteca

A Biblioteca Nacional foi dirigida pelo escritor Jorge Luis Borges durante 18 anos e finalmente construída onde um dia foi a residência do presidente Juan Domingo Perón e de sua esposa Evita.

Depois do golpe militar de 1955 a residência foi demolida, no local foi projetada a Biblioteca Nacional, a obra que demoro 30 anos em concluir, tornou-se uma marca da arquitetura moderna argentina e um exemplo da variante do expressionismo do século 20 chamada “brutalismo”. Continue lendo “BIBLIOTECA NACIONAL – Parte I: Como a residência presidencial “Quinta Unzué” virou biblioteca”