TACONEANDO: A casa de show fundada pela atriz Beba Bidart no coração de San Telmo

Beba Bidart, loira e carismática, com espírito arrabalero e linguagem lunfardo, Beba brilhou como uma das figuras femininas mais relevantes da cena cidadana: estreou no cinema aos 20 anos e rodou 34 filmes ao longo de cinco décadas, gravou trinta tangos e atuou nos teatros mais importantes do país.

Em 1979 criou um espaço de tango chamado Taconeando onde além de assistir ao show, o público acabava dançando no na pista principal. Beba cantou lá até a última noite de sua vida. Ele faleceu em 1994 e seu filho espalhou as cinzas naquele quarteirão. Um ano depois, a Prefeitura chamou aquela esquina de San Telmo de “a calçada de Beba Bidart”. Continue lendo “TACONEANDO: A casa de show fundada pela atriz Beba Bidart no coração de San Telmo”

LOS LAURELES: No bairro de Barracas, longe do circuito turístico, acontece aqui a verdadeira expressão do tango argentino

O bairro de Barracas nunca esteve realmente no circuito turístico, mas aos poucos começa a despertar interesse, seja pela passaje Lenin onde suas casas foram intervindas pelo artista plástico Marino Santa María, pelo outro Bar Notável do bairro La Flor de Barraca, seja pelo Sportivo Pereyra, um dos clubes históricos de Barracas que está na rua Alvarado 2785 e a presencia do Sportivo Barracas, na avenida Iriarte y Vieytes.

A poucas quadras dali, na esquina da Avenida Iriarte com a rua Gonçalves Dias, está o bar Los Laureles fundado em um casarão de 1893 que  não figura encontrará em muitas guias, já que fica fora do roteiro turístico.

Às quintas-feiras a casa sedia a milonga Rumbo al Sur, todas as sextas-feiras acontece a Peña de Cantores e, aos sábados, a chamada Milonguita Empastada, que só toca discos de vinil. Continue lendo “LOS LAURELES: No bairro de Barracas, longe do circuito turístico, acontece aqui a verdadeira expressão do tango argentino”

Museu e Academia Nacional do Tango, Buenos Aires, Argentina

Avenida de Maio_Café Tortoni_ Carlos Gardel_Palacio_Arquitetura_Mundial_lunfardo_Patrimônio_Cultural

O museu cobre uma ampla área do Palácio Carlos Gardel, onde funciona desde 1993 a sede da Academia Nacional de Tango, no mesmo edifício onde funciona o emblemático Café Tortoni, o bar mais antigo da cidade de Buenos Aires.

O Museu do Tango faz um tour pela história do tango desde 1850 até o presente através de uma série de vitrines que são pouco atraentes e confusas quando se refere a  sua expografía. O edifício é um velho casarão, com três salões de dança, tetos ornamentados e lustres antigos; no entanto, o museu não está integrado ao espaço, é necessário fazer um projeto que descreva e guie os visitantes de maneira clara e atraente, acerca da origem e evolução do tango.

Por outra parte, dizem que a Avenida de Maio foi projetada pelos franceses, construída pelos italianos e onde finalmente moravam os espanhóis. Talvez a maneira mais certa de descrever a europeização da cidade no final do século XIX. Veremos como este fenômeno afetou as cidades de Rio de Janeiro e Buenos Aires, para descobrir finalmente que entre a historia do Tango e a historia do Samba, existem muitas coincidências para destacar. Continue lendo “Museu e Academia Nacional do Tango, Buenos Aires, Argentina”