Igreja Nossa Senhora da Merced – Parte I: A chegada da Ordem dos Mercedarios a Buenos Aires

Virgen Merced_Mercedes_Virgem Mercês_Argentina_Patrimonio_ Batalla Tucumán_Nossa Senhora Mercês_San Nicolas_Convento_mercedários

Localizada na esquina das ruas Reconquista e Perón, a igreja de Nossa Senhora da Merced, é uma esquina diferente, virada para a Praça de Maio, típica das igrejas coloniais de Buenos Aires.

A sua planta apresenta características particulares, pois apesar de possuir uma nave única, é mais elevada do que outras do mesmo tipo. O frontão da fachada se destaca um conjunto escultórico que alude a um acontecimento histórico e fundamental na luta pela libertação do império espanhol. Nesta obra, Manuel Belgrano é visto oferecendo à Virgem da Merced o bastão de comando do Exército do Norte. Continue lendo “Igreja Nossa Senhora da Merced – Parte I: A chegada da Ordem dos Mercedarios a Buenos Aires”

Porque Ouro Preto tem duas Igrejas das Mercês? … a Mercês de Baixo e a Mercês de Cima

Mercês de baixo_Nossa Senhora das Merces_Estrada Real_Brasil_Minas_Gerais_Unesco_Patrimonio_Humanidade_Matriz Antonio Dias

Em Ouro Preto a devoção a Nossa Senhora das Mercês existem duas igrejas onde ela é a padroeira.  Os nativos diferenciam de modo peculiar, baseados na topografia da montanhosa cidade: uma é a “Mercês de baixo” (cujo nome correto é Nossa Senhora das Mercês e Perdões), situada nas baixadas do bairro dos Paulistas, a caminho da Nossa Senhora da Conceição de Antonio Dias, e a outra é a “Mercês de cima” (situada acima da cidade e bem próxima do Hospital da Irmandade da Misericórdia). Continue lendo “Porque Ouro Preto tem duas Igrejas das Mercês? … a Mercês de Baixo e a Mercês de Cima”

Matriz de Santo Antônio, Tiradentes (MG) – Parte II: O interior dourado em Ouro

Minas Gerais_Brasil_Matriz_Patrimônio_Unesco_arquitetura_Estrada Real_Aleijadinho_ Irmandade_Barroco Mineiro_Irmandade_Latino America

O interior da matriz, consagrada a Santo Antônio. segundo cronistas de todos os tempos, asseguram que se trata da igreja mais bela e mais majestosa das Minas Gerais. Logo na entrada, é difícil não se impressionar com os lustres de prata e a quantidade de ouro que decoram o altar e suas imagens.

A matriz de Santo Antônio surprende pelo seu interior deslumbrantemente dourado. Esta igreja é considerada a segunda igreja em ouro do Brasil, sendo a primeira em Salvador, Bahia.

A capela-mor foi executada entre 1739-1741 pelo entalhador João Ferreira Sampaio. Ela é um dos mais admiráveis conjuntos de talha do Brasil. Continue lendo “Matriz de Santo Antônio, Tiradentes (MG) – Parte II: O interior dourado em Ouro”

Matriz de Santo Antônio, Tiradentes (MG) – Parte I: Fachada do mestre Aleijadinho

Matriz_Patrimônio_Unesco_arquitetura_Estrada_Real_Aleijadinho_ Irmandade_Barroco Mineiro_Irmandade_Latino America

Valorizando a figura do herói da Inconfidência Mineira, em 6 de dezembro de 1889, o governo republicano homenageia Tiradentes colocando seu nome na antiga cidade de Santo Antônio da Ponta do Morro. Atualmente, o centro histórico da cidade de Tiradentes é reconhecido como Patrimônio Cultural da Humanidade, tomado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), considerado um dos pontos turísticos mais importantes do Brasil.

A Igreja Matriz de Santo Antônio, impõe-se à paisagem de Tiradentes e pode ser apreciada de diversos pontos da cidade. Ela compõe belos quadros com a Serra de São José, ipês amarelos e casarões coloniais. 

Em esta primeira parte vamos a conhecer o exterior da igreja cujo risco da fachada pertence ao mais famoso artista do Barroco Mineiro: o Aleijadinho. Na segunda parte veremos o interior deslumbrantemente dourado já que esta igreja é considerada a segunda igreja em ouro do Brasil, sendo a primeira em Salvador, Bahia. No seu interior um órgão datado de 1788, trazida pelos portugueses e que é classificado como um dos quinze mais importantes do mundo.

Continue lendo “Matriz de Santo Antônio, Tiradentes (MG) – Parte I: Fachada do mestre Aleijadinho”

Igreja São Francisco de Assis, em Sabará (Minas Gerais), Brasil

Arquiconfraria_Irmandade_Estrada Real_Patrimônio_Arquitetura_ Brasil_Cordão_barroco_dos Anjos

Desde os tempos da primeira construção no local a capela é dedicada a Nossa Senhora Rainha dos Anjos, erguida pela Arquiconfraria do Cordão de São Francisco (irmandade franciscana dos homens de cor), fundada em Sabará em 1761.

A ornamentação interior nunca foi concluída ate o dia de hoje. Apesar da simplicidade da decoração interior, em concorrência com as outras belíssimas igrejas de Sabará, esta igreja não impacta pela sua ornamentação interior a exceção da Capela-mor que possui um bonito forro pintado que retrata Nossa Senhora dos Anjos, a grande protetora dos franciscanos.

Embora, por sua vez, ostenta ser a Única na cidade com sala-consistório, sacristia na parte posterior, tribuna na capela-mór, púlpitos no arco-cruzeiro, é além de tudo… a maior em altura interna da nave em todo Sabará (MG). Continue lendo “Igreja São Francisco de Assis, em Sabará (Minas Gerais), Brasil”

ESTRADA REAL: Igreja São Francisco de Assis, Diamantina Brasil

O início da construção da Igreja de São Francisco de Assis data de 1762. Com apenas uma torre lateral e detalhes em cores fortes, a igreja chama a atenção pelo belo interior, onde é possível ver pinturas de José Soares de Araújo e Silvestre de Almeida Lopes, dois grandes nomes da arte sacra mineira. A igreja se destaca também por ser o local onde descansam os restos mortais de Chica da Silva. Continue lendo “ESTRADA REAL: Igreja São Francisco de Assis, Diamantina Brasil”