FAENA ART CENTER – PARTE III: Museu? … Galeria de arte?… Centro cultural?

A pérola do Distrito da Arte de Alan Faena, no cais 3 de Puerto Madero, é o Centro de Arte de Faena que funciona como um centro de experimentação e exposição aberto às expressões artísticas de vanguarda em Buenos Aires. Foi concebido como um espaço de experimentação para promover o cruzamento de expressões disciplinares, combinando arte, tecnologia e design, com exposições temporárias.

O Arts Center está localizado na antiga sala de máquinas de um moinho de farinha, recuperado através de um projeto do estúdio McCormack Asociados. Continue lendo “FAENA ART CENTER – PARTE III: Museu? … Galeria de arte?… Centro cultural?”

FAENA ART CENTER – PARTE II: Uma Catedral em Puerto Madero

O que costumava ser a casa das máquinas do antigo Moinho foi recuperado preservando o seu carácter original, para servir de centro de experimentação e exposição que apoie as mais recentes e ousadas formas de criatividade.

A primeira exposição neste novo centro foi a mostra do artista brasileiro Ernesto Neto, onde ele apresentou uma escultura pingente intitulada “O Bicho suspenso na Paisagem”, feita de um enorme emaranhado de malha de crochê pendurado no teto da sala principal do centro cultural. Continue lendo “FAENA ART CENTER – PARTE II: Uma Catedral em Puerto Madero”

MUSEU INHOTIM – PARTE IV: A controvertida vida de Bernardo de Mello Paz, o fundador do Museu Inhotim

O Museu Inhotim é considerado um dos maiores museus de Arte Contemporânea a céu aberto do mundo, inserido num majestoso jardim botânico que apresenta uma das maiores coleções de palmeiras da América do Sul. Inaugurado em 2006, o Inhotim hoje é conhecido internacionalmente pelas obras de Arte Contemporânea, que estão em completa harmonia com a natureza e dialogando com o meio ambiente.

Neste post vamos conhecer alguns detalhes da controvertida vida do fundador: Bernardo de Mello Paz. Continue lendo “MUSEU INHOTIM – PARTE IV: A controvertida vida de Bernardo de Mello Paz, o fundador do Museu Inhotim”

MUSEU INHOTIM – PARTE III: As origens da Fazenda Ihotim

A mineração em América latina tem antecedentes desde a época da colônia com a exploração de ouro e diamante, sempre relacionada ao outorgamento de terras suspeitas e vantajosas para personalidades e empresas estrangeiras. Uma vez acabado os ciclos do ouro e diamante a exploração fez foco em outros minerais como o ferro e cobre.  Por sua vez, a Fazenda Ihotim é o caso de outras tantas vazias esgotadas que viraram interesse de uma nova modalidade comercial relacionada ao mercado imobiliário.

Laura Amaral Faria traz na sua tese uma visão histórica de esse fato no Brasil, detalhando os entulhos entorno à exploração do Quadrilátero Ferrífero Mineiro e a participação de Bernardo de Mello Paz, o fundador do Instituto Inhotim, nesse processo.

Por vez, neste post acompanharemos o trabalho fotográfico de Miguel Rio Branco (1984), quem dedicou sua vida ao trabalho e estudos artísticos, se envolveu com pintura, fotografia e cinema, percorreu e viveu nas Américas e na Europa. Teve seus trabalhos reconhecidos internacionalmente, como no Grande Prêmio da Primeira Trienal de Fotografia do Museu de Arte Moderna de São Paulo e no Prêmio Kodak de la Critique Photographie. Suas obras foram expostas em grandes cidades, como Paris, Veneza, Nova Iorque, Frankfurt, São Paulo e Rio de Janeiro. Hoje ainda possui obras em acervos de diversos museus. Dentre eles, estão o Centro George Pompidou, o Metropolitan Museum of New York, o Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro e o Instituto Inhotim, em Minas Gerais. Continue lendo “MUSEU INHOTIM – PARTE III: As origens da Fazenda Ihotim”

FAENA ART CENTER – PARTE I: Complexo “Los Molinos” em Puerto Madero, combina residências, escritórios, lojas e um museu

Puerto Madero é hoje um ícone turístico e um centro de progresso atraindo a população local e visitantes aos seus parques e atividades culturais.

Inserido no empreendimento imobiliário de Alan Faena em Puerto Madero, o Faena Arts Center inclui a renovação da antiga sala de máquinas de um moinho de farinha. O complexo Los Molinos é composto por dois edifícios históricos com 5 e 7 níveis de vivenda, espaços comerciais no piso térreo, garagens subterrâneas, um novo edifício de escritórios e um Centro Cultural de Eventos.

O empreendimento residencial Los Molinos Building foi desenvolvido desde 2006 sendo o ​​prédio inaugurado em outubro de 2009. A remodelação foi realizada pela McCormack & Asociados. Já o Faena Art Center foi inaugurado em setembro de 2011. Continue lendo “FAENA ART CENTER – PARTE I: Complexo “Los Molinos” em Puerto Madero, combina residências, escritórios, lojas e um museu”

Museu Nacional de Belas Artes: Um dos museus mais importantes de América Latina

Museu_Belas Artes_América Latina_Recoleta_exposição_arte_patrimônio_arte contemporânea_turismo cultural_muestra_coleccion_Fachada

O Museu Nacional de Belas Artes (MNBA ) foi inaugurado em 1895, apesar de ter sofrido várias mudanças de sede. Alberga o maior património artístico da Argentina e um dos principais da América Latina. Está composto por mais de 12 000 pinturas, desenhos, esculturas e tapeçarias de artistas como El Greco, Van Gogh, Renoir, Monet, Cézanne ou Picasso, bem como clássicos argentinos como Xul Solar e Eduardo Sívori. Destaca-se a sua biblioteca com mais de 160. 000 volumes e o auditório.

Seu extraordinário patrimônio artístico de mais de 12 mil peças que compõem a coleção faz com que seja a acervo público mais importante do subcontinente. Continue lendo “Museu Nacional de Belas Artes: Um dos museus mais importantes de América Latina”

Fundação Proa: Arte contemporâneo no bairro La Boca

Argentina_tango_Unesco_Boca_bairro_barrio_patrimonio_Museu_Quinquela Martin_Caminito_Riachuelo_arte_contemporâneo_ Arquitetura_

A Fundação Proa é um museu privado, dedicado a pensar e difundir a arte dos séculos XX e XXI, com foco especial em fotografia, audiovisual, design, moda, música e artes plásticas.

Inaugurada em 1996 é um centro de arte contemporânea que fica exatamente ao lado do famoso “Caminito” no bairro La Boca. O prédio – todo branco e envidraçado – foi restaurado e ampliado em 2008 com a aquisição de mais três imóveis, transformando-se em uma das grandes referências culturais de Buenos Aires.

Por trás de sua fachada, metade antiga, metade moderna, o espaço conta com quatro salas de exposições, um auditório multimídia e uma livraria com títulos muito bem selecionados. Ao todo, são três andares repletos de atividades artísticas e culturais. No último andar do museu tem um café/restaurante que dá para um terraço onde é possível experimentar uma  incrível vista panorâmica do bairro La Boca. Continue lendo “Fundação Proa: Arte contemporâneo no bairro La Boca”

San Telmo representa o “Distrito das Artes”: Museu de Arte Contemporâneo de Buenos Aires (MACBA)

Argentina_tango_Unesco_Boca_bairro_barrio_patrimonio_Museu_San Telmo_arte_contemporâneo_Arquitetura_Aldo Rubino

Inaugurado em 1º de setembro de 2012, o Museu de Arte Contemporâneo de Buenos Aires (MACBA) tem o acervo composto pela coleção privada de Aldo Rubino, que data da década de 80 e reúne itens da produção artística contemporânea local e internacional com tendências de abstração geométrica, linha que identifica o acervo permanente da instituição.

O MACBA está situado na Av. San Juan ao lado do MAMBA (Museu de Arte Moderno de Buenos Aires), no bairro de San Telmo, numa região declarada “Distrito das Artes”.

Todos os anos é apresentado um programa de exposições temporárias focado em artistas locais e estrangeiros contemporâneos que participam ou deram uma contribuição notável às línguas da arte geométrica. Continue lendo “San Telmo representa o “Distrito das Artes”: Museu de Arte Contemporâneo de Buenos Aires (MACBA)”