PANEIS SOLARES – Aeroporto “El Dorado” Bogotá

Últimos momentos no aeroporto de Bogotá. Anunciam meu vôo. Desço a rampa da manga telescópica que me depositará no avião. Tou câmera na mão, a fila pára quase na porta do avião por um momento, eu olho através de um vidro e lá eu vejo eles de longe … um grupo de instaladores de painéis solares no telhado. Automaticamente preparo a máquina e caminho até a janela. Ao mesmo tempo, atrás de mim, eu ouço um chamado: “Ignacio! … a linha foi reativada. Há três passos até a janela em que eu ajustar o zum-in para o máximo e disparo seis fotos. Registrado. Me senti triunfante, voltei com um sorriso que tive que moderar rapidamente ja que esperabam por mim alguns rostos impacientes da fila.

A instalação dos painéis começou em um ato liderado pelo governo colombiano e pelos presidentes das empresas Celsia e da Organização Internacional de Engenharia (Odinsa), responsáveis ​​pelo projeto que desde 2016 têm trabalhado juntas em um plano que embarca as melhores práticas de sustentabilidade no setor.

O Aeroporto Internacional El Dorado de Bogotá terá a maior instalação fotovoltaica da América Latina, com a implementação de 10.369 painéis solares que começarão a operar no primeiro trimestre do 2019.

Os painéis, que ocuparão 27 mil metros quadrados, o tamanho de cerca de 20 piscinas olímpicas, fazem parte de um plano para localizar o aeroporto como referência para um terminal aéreo “verde” na região.

A implementação deste projeto reduzirá o impacto ambiental que seria gerado pelo aeroporto e reduzirá a pegada de carbono, já que eles deixarão de emitir 1.375 toneladas de dióxido de carbono (CO2).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *