MUSEU BEATLE – Parte I: A maior coleção do mundo dos Beatles está em Buenos Aires

O Museu Beatle está localizado no coração do The Cavern Buenos Aires no Paseo La Plaza e foi declarado de interesse turístico e cultural. O visitante poderá fazer um tour pela história dos Beatles através dos artículos colecionáveis.

Desde certidões de nascimento, autógrafos, cartas, ingressos e programas de concertos, livros, celulóides originais dos filmes, discografia e filmografia em todos os formatos, porcelanas, bonecos, caixinhas de música, instrumentos musicais, jogos, brinquedos e todas as recordações que ao longo dos anos, marcou a história dos Beatles.

Paseo La Plaza

Corrientes 1660


O Paseo La Plaza foi projetado com o aspecto de uma pequena aldeia com becos e pontes com uma praça circular interna, rodeada por escadas, passarelas e terraços. Uma galeria reúne vários ciclos de teatros, reconhecidos ou alternativos, recitais e concertos, stand up comedy, salas de exposições e eventos, centros de congressos e convenções, espaços gastronómicos e restaurantes, museus e muitas lojas de roupas, malas, discos, livros, lembranças e muito mais.

Uma galeria reúne vários ciclos de teatros, reconhe- cidos ou alternativos, recitais e concertos, stand up comedy, salas de exposições e eventos, centros de congressos e convenções, espaços gastronómicos e restaurantes, dois tipos mais variados, museus e muitas lojas de roupas, malas, discos, livros, presentes e muito mais.

Este centro cultural se destaca pela qualidade, estilo e diversidade de suas propostas. Conhecidas séries de teatro, recitais e concertos encontram-se nas salas Pablo Picasso e Pablo Neruda. Conta ainda com espaços gastronômicos, centro de congressos e convenções e calçadão de compras.

Museu Beatle


A pioneira e mais popular banda de rock inglesa, The Beatles, tem seu museu na Cidade de Buenos Aires. É o primeiro museu latino-americano dos Beatles e tem sede em The Cavern, no Paseo La Plaza.

O Cavern Club abriu suas portas em abril de 1998

O acervo pessoal do argentino ultrapassa as 9.000 peças e segundo ele o museu serve para satisfazer sua própria necessidade de ter tudo em vista e tirar de suas caixas e baús para que o público conheça um pouco mais da banda.

A coleção completa não é exposta, mas apenas 20%, mas é mudada constantemente para mostrar novos objetos aos visitantes. À medida que o percorremos, um de seus clássicos toca ao fundo o tempo todo.

O museu é visitado por escolas primárias e secundárias, onde os alunos aprendem história, cantam canções, desenham, jogam e preparam obras especiais sobre a banda de rock mais importante da história da música contemporânea.

Entre os muitos objetos curiosos da coleção estão:

Discografia completa: em seus diversos formatos (vinil, cassete, revista e CD), edições especiais. Discos assinados por cada um deles.

  • Autógrafos dos quatro músicos. A joia desta coleção é um autógrafo de John Lennon adquirido há 30 anos em um leilão em Nova York.
  • Cheques assinados por Ringo Star e George Harrison.
  • A certidão de nascimento dos quatro membros.
  • Um tijolo do The Cavern em Liverpool. Apenas 5.000 foram leiloados.
  • Vestuário: réplicas das roupas usadas nos diferentes concertos. Trajes, sapatos e perucas.
  • Fotos: as paredes estão repletas de fotos inéditas que retratam vários momentos da banda e de cada um deles. Em preto e branco e em cores.
  • Programas e ingressos para shows.
  • Bonecos de todos os tipos, formas e tamanhos.
  • Brinquedos e jogos de tabuleiro como a versão Beatle do clássico Monopólio.
  • Desenhos e pinturas.
  • Vários objetos como relógios, chaveiros, canetas, pratos e copos.

Rodolfo Vazquez: O criador do museu


O Museu Beatle de Buenos Aires é o resultado do esforço de Rodolfo Vázquez, o maior colecionador mundial de objetos Beatles, reconhecido pelo Guinness Book of Records em 2001 e 2011.

Rodolfo Vázquez (62), é considerado o maior colecionador de memorabilia dos Beatles

Sua paixão começou aos, hoje seu acervo inclui 11.000 objetos de todos os tipos: autógrafos, brinquedos, discografia, filmografia, discos autografados, fotos autografadas, cheques autografados por Ringo Starr e George Harrison. Até cartas da tia Nini falando sobre seu sobrinho John Lennon e outros de Louisa Harrison dirigidos a seu irmão. Possui guitarras e até celulóides originais do filme Submarino Amarelo.

Buenos Aires é palco da maior festa Beatle do continente

Além do museu e da sala John Lennon, tem um pub, um café com esplanada e uma discoteca para apresentações de bandas locais que imitam os ingleses, entre outros espetáculos.

 

Fonte:

  • https://www.paseolaplaza.com.ar/
  • http://www.thecavern.com.ar/museo-beatle.html
  • http://www.latinspots.com/sp/empresas-y-negocios/detalle/1960/4-semana-beatle-de-latinoamrica-en-buenos-aires

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.