GALERÍA GÜEMES – Parte IV: O novo Rooftop Bar com visual para as cúpulas mais famosas da Rua Florida

Reconhecidos como uma tendência mundial, os terraços de edifícios emblemáticos do centro de Buenos Aires estão repletos de bares com vistas privilegiadas, onde o pôr do sol se exibe como um cartão postal. Mas a icônica Galeria Güemes, com mirante de 87 metros de altura, bem perto das cúpulas das ruas Diagonal Norte e da Flórida, ainda ignorava esse tipo de proposta até novembro de 2019, quando foi inaugurado no telhado intermediário do sexto andar o Florida 165 Rooftop Bar.

Galeria Güemes


Com saída de um lado para o tradicional calçadão da Flórida (a rua de perdestes mais comercial do centro) e do outro para a rua San Martín (onde está localizado o centro financeiro de Buenos Aires), este elegante edifício arquiteto Francisco Gianotti chega a 87 metros de altura. Foi um dos primeiros arranha-céus de Buenos Aires e é considerado uma obra-prima da Art Nouveau.

O edifício Güemes em Buenos Aires, que abriga a Galeria Güemes no andar térreo, é um dos primeiros arranha-céus de Buenos Aires. Primeira construção totalmente em concreto armado na cidade. Esse papel pioneiro da galeria não se reduziu ao técnico, mas também aos usos, reflexo das aspirações arquitetônicas da vida nas metrópoles do início do século XX: tinha teatros, cabaré, escritórios, lojas, banheiros turcos, apartamentos, um restaurante e um mirante de 360 ​​graus no terraço.

O conjunto foi pensado e concebido em 1912, iniciado em 1913 e inaugurado em 1915. Completamente reformado em 2007, é uma das curiosidades a descobrir durante sua estadia em Buenos Aires.

Florida 165 Rooftop Bar


Os rooftops são terraços que, em geral, estão localizados em pontos estratégicos do centro de Buenos Aires e se caracterizam por oferecer uma incrível vista panorâmica da cidade. Alguns correspondem a hotéis que conseguiram tornar esta experiência um plus para os seus clientes e visitantes.

Para chegar ao bar é preciso percorrer parte da galeria, pegar o elevador da torre Mitre e chegar ao sexto andar para sair ao terraço e admirar como o outro corpo de oito andares se ergue a seus pés, mais estreito e retraído, que se estende do edifício Güemes até o andar 14.

A vista inclui a cúpula do Ex Banco de Boston, a cúpula do edifício La Equitativa da Plata, o edifício Bencich e a loja Gath y Chávez

Os bares em terraços também são uma fonte de reavaliação das cúpulas típicas de Buenos Aires. O bar na cobertura Florida 165 da Galeria Güemes é um edifício declarado Patrimônio Nacional, ele tem uma proposta única: “Nosso objetivo é proporcionar uma experiência que combine e misture cultura, arquitetura, arte e história com nossa culinária requintada e coquetéis premium”, indica Guadalupe Salinas, uma das diretoras do rooftop. “Sua localização é o detalhe que se destaca em relação às demais alternativas”, diz Salinas.

Do terraço é possível apreciar um panorama privilegiado das cinco cúpulas da intersecção das ruas Diagonal Norte e Flórida, a poucos metros: aquela de quatro andares do vizinho “Miguel Bencich”, as duas do Edifício “Bencich Rent”, o telhado do antigo Banco de Boston e a cúpula da Equitativa del Plata, um belo expoente do Art Déco.

Esta opção não é apenas um roteiro gastronômico, mas também um passeio cultural e costuma ser feito por fotógrafos, artistas e admiradores de cúpulas

Pode ser visitado ao longo do dia visto que tem diferentes opções de café da manhã e almoço (segunda a sexta das 9h00 às 17h00) e jantar e open bar (segunda a domingo a partir das 17h00 às 01:00). O cardápio inclui petiscos e coquetéis, mas a estrela é o pierrade, um antigo método de cozimento que consiste em colocar fatias de carne, peixe ou vegetais sobre uma pedra quente, localizada no centro da mesa. “O nosso tem carne de boi e cordeiro patagônico. Cada comensal põe a porção na pedra, adiciona sal e deixa cozinhar”, explica De la Colina.

Depois, pode ser servido “com molhos de diferentes partes da Argentina: páprica do norte, cebola caramelizada de Río Negro, explica Hernán De la Colina, que junto com Claudio Fernández Núñez está realizando o projeto. Tudo regado com chope, vinho ou champanhe. Para encerrar, ele propõe um pudim de doce de leite feito com a receita da avó.

“Nossa ideia foi abrir o bar na Galeria Güemes porque sempre víamos gente fotografando aqueles prédios de baixo, e queríamos encontrar um terraço onde pudéssemos ver as cúpulas desde outro lugar. Foi assim que encontramos este espaço, em uma galeria histórica”, comemora Hernán de la Colina, que se dedica a“ desenvolver experiências para destinos turísticos”, como ele mesmo descreve.

O interior do Rooftop Bar

“De manhã as pessoas vêm pintar as cúpulas e desfrutar do terraço com tranquilidade. Temos aulas de pintura, oficina de mate e degustação de herbas”, conta De la Colina. Estamos nos acomodando ao que a demanda nos pede, porque hoje as pessoas não querem nada definido, querem uma experiência variada”.

À noite, a galeria assume uma auréola especial. Naquela hora todo o centro se esvazia e em La Güemes apenas o bar da cobertura e os teatros do complexo “Palacio Tango” abrem suas portas.

Na galeria central sempre houve bares: hoje encontra-se o café notável Boston City do lado esquerdo, seguido pelo Café de la Cúpula. Por outro lado, o restaurante Deliceto. E, saindo de San Martín, uma loja Starbucks.

Gath & Chaves


O Rooftop Bar da Galeria Guemes dialoga diretamente com as fachadas dos prédios vizinhos especialmente com aquela pertencente a uma das lojas mais famosas da Rua Florida: as Lojas Gath & Chaves. Este imponente edifício foi inaugurado mais ou menos na mesma época da Galeria Guemes, juntos eles introduziram conceitos de modernidade á rua comercial mais famosa de Buenos Aires.

Inspirado na loja parisiense Au Printemps, ele está inscrito por seu estilo dentro do academicismo francês

Enquanto a casa central da empresa estava localizada em Bartolomé Mitre e Flórida, em 1914, Gath & Chaves deu o grande salto: com um prédio revestido de mármore de Carrara, pousou para a esquina da Flórida com a Cangallo (atual Perón); ali é onde ele começaria a escrever as páginas mais brilhantes de sua história.

Sendo uma das poucas obras na Argentina do conceituado arquitecto francês François Fleury Tronquoy, este edifício destaca-se tanto pelo valor arquitetônico como pelo valor patrimonial, pois juntamente com o seu edifício, o Anexo Gath & Chaves (ex Falabella), o Banco Popular Argentino (hoje HSBC) e o prédio do Citibank definem nas quatro esquinas um encontro urbano único. Estes quatro edifícios, cada um localizado na esquina do cruzamento das ruas Perón e Florida, apesar de possuírem estilos diferentes, dialogam harmoniosamente em virtude das características de seus pisos térreos e acabamentos.

O prédio da Gath & Chaves funcionava como uma grande loja de departamentos. O edifício tinha dois subsolos, um rés do chão e sete andares altos. De entre todos as suas sucursais, este foi o verdadeiro “templo” da marca, aquele que convocou milhares de portenhos durante várias gerações. A fachada exterior é estruturada em esquina e é coroada pela cúpula. A marquesinha original de ferro e vidro ainda é preservada até hoje.

O mais surpreendente é que no terraço deste edifício também funcionava uma confiteria (denominação muito utilizada em Buenos Aires para aqueles bares com produção própria de bolos e padaria). Desde o terraço do sétimo andar era possível ter uma bela vista panorâmica  quando Buenos Aires ainda não era dominada pelos edifícios de altura.

Terraço da tenda Gath & Chaves (1914), um dos primeiros Roofbars de Buenos Aires

Gath y Chaves foi encerrada em 1974 e o seu edifício foi adaptado para uma agência bancária e escritórios, perdendo o seu interior com escadas e galerias. Atualmente abriga o Banco Meridian e no térreo uma loja comercial.

Em 1925 foi inaugurado o Anexo da loja na esquina oposta. A sua arquitetura era semelhante ao edifício principal e embora faltasse a cúpula, foi construída uma passagem subterrânea que os ligava. Em 1968 foi adaptado para a sede bancária do Royal Bank of Canada, mas em 2006 foi remodelado novamente para ser uma filial da loja chilena Falabella. Em abril de 2021, a empresa informou que encerraria suas três últimas filiais na Argentina: o shopping Unicenter, na cidade de Rosário e o da rua Florida.

 

fonte:

  • http://galeriaguemes.com.ar/galeria/anecdotas
  • https://www.buenosairesantiguo.com/pasaje-guemes/
  • https://www.lanacion.com.ar/lifestyle/historias-ciudad-quienes-fueron-gath-chaves-nid2380595/
  • https://www.clarin.com/ciudades/galeria-guemes-estreno-bar-terraza-vista-privilegiada-cupulas-lindas-ciudad_0_gyp161fh.html

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.