ESTRADA REAL: Gastronomia & Design Colonial: Ouro Preto (MG), Brasil

Não se engane, Ouro Preto não só se trata de Igrejas. Existem pontes, chafarizes, passos, córregos, museus, galerias, universidades, joalherias, etc … em fim, um sem-fim de atividades que merecem uma estadia mínima de três dias para conhecer todas suas belezas.

Depois de tanto subir e baixar por suas íngremes ladeiras a fome ataca e o turista encontra uma variedade enorme de ofertas entre bares e restaurantes.

Hoje vamos recorrer dois restaurantes tradicionais da cidade. O Bené da Flauta Restaurante e Café que está bem ao lado da Igreja São Francisco de Assis, conhecida por ser uma das mais celebradas criações do mestre Aleijadinho. O segundo caso é a Casa do Ouvidor, fica no segundo andar de um sobrado localizado na rua mais comercial de Ouro Preto, na Rua Direita.

Uma característica que distingo a simples vista ao respeito do tipo de local, e que por um lado se encontram aqueles localizados num segundo andar, com varandas, janelas e vistas interessantes (como os dois casos que analisamos em este post), mas também existem outros bares localizados nos térreos dos sobrados, tipo underground, bem diferente (que mais na frente prometo apareceram num próximo post). Continue lendo “ESTRADA REAL: Gastronomia & Design Colonial: Ouro Preto (MG), Brasil”

DIAMANTINA (MG): Igreja São Francisco de Assis – Parte I: A Construção do Templo

A história da construção desta igreja começa no ano de 1766, com a implantação da Venerável Ordem Terceira de São Francisco de Assis no então arraial do Tijuco (antiga sede do Distrito Diamantino).

A construção desta belíssima igreja apresenta sua estrutura em madeira, com suas paredes feitas em adobe. A fachada principal desta igreja é ladeada por uma única torre, a única com relógio em toda Diamantina.

A igreja se destaca também por ser o local onde descansam os restos mortais de Chica da Silva. Continue lendo “DIAMANTINA (MG): Igreja São Francisco de Assis – Parte I: A Construção do Templo”

Arquitetura de Sobrados nas cidades históricas: Locais Comerciais e Iluminação de Varejo

Comida design arquitetura food MERCADO VELHO Estrada Real Patrimônio Unesco Diamantina FERIA Iluminação

Os centros históricos são áreas preservadas onde a presença e atividade comercial de lojas e tendas é muito marcada. Mais como acondicionar a arquitetura colonial caracterizada pela construção de “Sobrados” e transformá-los em um espaço de venta agradável para os clientes? … Veremos o caso de duas lojas no centro histórico de Diamantina, o ponto mais distante da Estrada Real, a cidade encantada de diamantes. Continue lendo “Arquitetura de Sobrados nas cidades históricas: Locais Comerciais e Iluminação de Varejo”

Ouro Preto (MG): Igreja Santa Efigênia dos Pretos – Parte I: Encontro Ibero-americano de Lighting Design

Estrada real Iluminação arquitetura barroco Nossa Senhora do Rosário Aleijadinho Brasil Unesco Patrimônio Mundial

Conhecida como Igreja de Santa Efigênia, ou Igreja de Santa Efigênia dos Pretos, ou ainda de Igreja de Nossa Senhora do Rosário do Alto da Cruz faz parte do conjunto arquitetônico barroco de Ouro Preto na parte mais antiga do velho bairro do Padre Faria. Fica situada no topo de uma colina e acessível por ladeira íngreme, abrangendo uma larga visão sobre a cidade. Continue lendo “Ouro Preto (MG): Igreja Santa Efigênia dos Pretos – Parte I: Encontro Ibero-americano de Lighting Design”

Novo Hotel Fasano Salvador: O projeto recebeu investimento de R$ 85 milhões para unir modernidade e tradição.

Ipac Iphan hospitalidade Restauração arquitetura Unesco Patrimônio Humanidade design

O novo Hotel Fasano Salvador é o sétimo empreendimento hoteleiro no país e no exterior, este é o primeiro instalado num prédio histórico tombado pelo Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (IPAC) como Bem Cultural da Bahia e opera no suntuoso edifício que abrigou durante 45 anos a primeira sede do jornal A Tarde. Após três anos de obras, a hospedaria foi aberta para o público a partir do dia 15 de dezembro de 2018, na Praça Castro Alves, berço do Centro Histórico Pelourinho.

Conta com 11 andares, 70 quartos e 2.603m² de apartamentos de alto luxo, 245m² de restaurante com dois ambientes, 495 m² de áreas de piscina e SPA/academia e 140 m² de business center com duas salas para uso, além de todas as áreas de apoio e serviço.

A operação vai funcionar com 200 colaboradores no total, sendo que 30 deles já trabalhavam em hotéis do grupo no Rio e São Paulo, que foram deslocados para a unidade baiana. Alguns, baianos, já atuavam no grupo e viram uma oportunidade de voltar. Continue lendo “Novo Hotel Fasano Salvador: O projeto recebeu investimento de R$ 85 milhões para unir modernidade e tradição.”