CLUB SIN RUMBO: “A Catedral do Tango”; a milonga mais antiga do mundo

Na Rua José Pascual Tamborini 6157, a poucos metros da Avenida Constituinte, foi fundado o Club Sin Rumbo há 100 anos, conhecido no final dos anos 60 como “A Catedral do Tango”.

Segundo os milongueiros mais antigos, nos bairros do noroeste da cidade – área que engloba os bairros de Villa Urquiza, Saavedra, Villa Ortúzar, Villa Pueyrredón, Agronomía, Villa Devoto e Paternal – funcionaram durante as décadas de 40 e 50 muitos clubes sociais e esportivos nos quais milongas (danças) de tango eram organizadas periodicamente.

Actualmente nesta zona existem alguns clubes de bairro que continuam a organizar bailes de tango, entre os quais se destacam aqueles localizados no bairro de Villa Urquiza: o Clube Social e Esportivo Sin Rumbo, e o Sunderland Club. Continue lendo “CLUB SIN RUMBO: “A Catedral do Tango”; a milonga mais antiga do mundo”

La Glorieta de Barrancas: A Milonga tradicional do bairro de Belgrano acontece em um parque

Em 1910, a Glorieta de Barrancas tinha o objetivo de acolher as orquestras e bandas de música que ofereciam seus shows ao ar livre. Hoje, tornou-se um ícone do tango.

Tradicionalmente, as Barrancas representam um importante centro de transbordo de passageiros e costumam ser epicentro de feiras e festivais a céu aberto. Durante as noites, é comum encontrar seguidores do tango de diversas idades reunidos para dançar em seu antigo coreto, a famosa: Glorieta de Belgrano. Continue lendo “La Glorieta de Barrancas: A Milonga tradicional do bairro de Belgrano acontece em um parque”

El Boliche de Roberto: Bar Notable no bairro de Almagro

Almagro é um bairro de boas opções, todas elas atendendo a proposta de fugir das tradicionais casas de Tango e vivenciar uma experiência verdadeira. O bar é um típico boteco portenho, onde se ouve tango ao vivo a la gorra (ou seja os músicos passam o chapéu), destacando que não se paga ingresso, e não é preciso fazer reserva previa. Entao, não espere jantar, bailarinos coreografados e o charme daqueles shows de Tango que oferecem jantar e traslado ao hotel.

Anteriormente denominado “12 de Octubre”, em referência à data de inauguração da Praça Almagro, que se situa nas suas proximidades, o local recebeu um diploma de reconhecimento do Museo de la Ciudad por ter conservado a estética do ambiente fundado em 1893, e foi declarado “Bar Notavel” com aquele antigo nome que tinha desde finais do século 19.

Lá rola uma espécie de “roda de Tango”. Primeiro cantam os mais jovens. Mas tarde  pela meia-noite, a coisa esquenta e chega a velha guarda que toma conta do pequeno palco.   Continue lendo “El Boliche de Roberto: Bar Notable no bairro de Almagro”

Milonga “La Catedral”, a essência do Tango no bairro de Almagro

É quase um sacrilégio ir a Buenos Aires e não conhecer, ao menos, uma milonga para dançar ou, simplesmente, apreciar os dançarinos.
Se você já assistiu Show de Tango e não quer repetir o passeio e gostaria de ver Tango de outra maneira, o La Catedral é a solução para passar uma noite superdivertida dançando tango em Buenos Aires.

La Catedral  existe há 20 anos e sua casa é Patrimônio Cultural Artístico e Turístico do bairro de Almagro. É um espaço autêntico desde a decoração, com obras de artistas plásticos até a comida 100% vegetariana. Continue lendo “Milonga “La Catedral”, a essência do Tango no bairro de Almagro”

Esquina Homero Manzi: Show de tango no bairro de Boedo

Argentina_tanguería_show_turismo_tango_Unesco_San Juan_Boedo_bairro_barrio_patrimonio_bares notáveis_San Lorenzo

Na esquina de San Juan e Boedo encontra-se um antigo café que deve seu nome a um dos letristas mais famosos da Argentina: a Esquina Homero Manzi.

Hoje o lugar é um ponto de encontro e de atrações culturais que lembra a cultura urbana dos anos 40, um lugar histórico que representa o verdadeiro subúrbio e evoca outros tempos . Por suas mesas passaram músicos de tango que protagonizaram a expressão artística mais representativa da cidade.

Em 2004, ele foi declarado “Café Notável” pela Comissão para a Proteção e Promoção dos Cafés, Bares, Bilhares e Confeitaria Notáveis da Cidade de Buenos Aires e no mesmo ano, a esquina da residência foi considerada Área de Proteção Histórica. Continue lendo “Esquina Homero Manzi: Show de tango no bairro de Boedo”

Café Tortoni: Show de Tango no bar mais antigo de Buenos Aires

Fundado em 1858, o Café Tortoni é parada obrigatória em Buenos Aires. Por um lado é o “Bar Notable” mais antigo da cidade. Por outra parte o emblemático Café Tortoni forma parte do Palacio Carlos Gardel no mesmo edifício onde, no primeiro andar, funciona desde 1993 a sede da Academia Nacional de Tango, e acolhe o único Museu do Tango da cidade.

Por tanto se você for um experto viajante poderia considerar  em pegar umas aulas de Dança de Tango em um dos três salões  disponíveis no primeiro andar, e logo depois combinar um jantar com show ao vivo em um ambiente muito intimista e aconchegante na Sala Alfonsina Storni.

O Café Tortoni sempre tem uma agenda muito activa e dinámica, o local esta sempre cheio. É bom reservar com uma pequena antecedência, se ficar para última hora, você pode pegar uma mesa mais distante do palco. Continue lendo “Café Tortoni: Show de Tango no bar mais antigo de Buenos Aires”

O VELHO ARMAZÉM: TANGO SHOW no bairro de San Telmo

Esta esquina respira Tango: Farois, paralelepípedos, um pedaço do bairro colonial de San Telmo que oferece um Show de Tango de primer nível. Como todos os espetáculos denominados “Tango Show”, o local reúne uma destacadíssima proposta gastronómica que atende aos centos de turistas que visitam esta emblemática esquina de San Telmo.

Em 2009, o local estreou outro espaço em um prédio em frente às instalações clássicas que o cantor Edmundo Rivero tenha criado em 1969, atendendo á demanda e o crescimento do turismo. Assim deram origem a um conjunto gastronômico formado por três restaurantes, bar e terraço VIP.

Depois de desfrutar de um jantar gourmet os visitantes atravessam a estreita Rua Balcarce para se submergir neste histórico local. Um espaço que mantém a atmosfera original e contém milhares de memórias, anedotas e histórias de personagens de renome do Tango Argentino. Continue lendo “O VELHO ARMAZÉM: TANGO SHOW no bairro de San Telmo”

El Querandi: Um Show de Tango em um ambiente íntimo e tradicional

O El Querandi é muito fácil de achar, já que ele fica no centro de Buenos Aires, a dois quarteirões da Praça de Maio, no bairro de Monserrat.

O Querandí tem o melhor show de tango de Buenos Aires, oferecendo um show noturno de excelência, totalmente exclusivo. Em sua jornada nos leva a descobrir  todo o esplendor da cultura do Tango.

Fundado como bar em 1920 e restaurado em 1992, o El Querandi Tango Show é considerado uma “evidência viva da memória do cidadão” pelo Museu da Cidade de Buenos Aires e declarado “Bar Notável” pelo Ministério de Cultura da Nação. Continue lendo “El Querandi: Um Show de Tango em um ambiente íntimo e tradicional”

Puerto Madero: “Rojo Tango” – Show no Hotel Faena

O Hotel Faena Buenos Aires hoje surreal e elegante, era um armazém de grãos até a virada do século 20, quando foi realizada a grande revitalização e urbanização da região de Puerto Madero, hoje o bairro mais exclusivo da cidade de Buenos Aires.

Pisar no Hotel Faena é por si só uma experiência, tendo em vista que é um dos cinco estrelas mais famosos da cidade, decorado nada menos que pelo famoso designer Philippe Starck.

O Rojo Tango é um show íntimo, projetado para desfrutar cada detalhe do tango: melodias harmoniosas, ritmo e sensações que ganham vida na dança, onde você pode assistir um show profissional de primer nível, afinado com a essência do tango. Continue lendo “Puerto Madero: “Rojo Tango” – Show no Hotel Faena”

Tango Show: Café de los Angelitos

Notaveis_Argentina_Tango_Show_Milonga_Turismo_Balvanera_Carlos Gardel_Lavado dinero

O Café de los Angelitos é um café histórico de tango na cidade de Buenos Aires, localizado na esquina da Avenida Rivadavia e Rincón, no bairro de Balvanera. Foi o local onde Carlos Gardel estabeleceu a turma dele a partir de 1912, quando iniciou sua carreira artística formando uma dupla com José Razzano. Este último, em 1944, compôs um famoso tango com letras de Cátulo Castillo, intitulado precisamente “Café de los Angelitos”.

Carlos Gardel morava na rua Rincón 100, que costumava comer puchero ou tomar uma bebida. Ele estava tão acostumado com o local que assinou aqui junto a José Razzano seu primeiro contrato de gravação com a Odeón. Continue lendo “Tango Show: Café de los Angelitos”