MUSEU DE FORTABAT: A Coleção de Arte “Amalia Lacroze de Fortabat” está exposta em Puerto Madero

A Coleção Particular Amalia Lacroze de Fortabat é uma maravilhosa seleção de obras de reúne artistas como Andy Warhol, Marc Chagall, Salvador Dalí, Auguste Rodin, Paul Gauguin, Edgar Degas e Joan Miró, entre outros, que está exibida permanentemente ao público em Puerto Madero.

A colecionadora, falecida em 2012, sempre se recusou a usar a palavra museu para definir o escopo de seu acervo. Por isso, o magnífico edifício, localizado no exclusivo bairro de Puerto Madero, é denominado “Coleção de Arte Amalia Lacroze de Fortabat” e não Museu Fortabat, como é popularmente conhecido.

O ponto forte desta coleção é a pintura argentina com ênfase em artistas plásticos argentinos residentes em Paris na segunda década do século 20 e que formaram o grupo conhecido como Escola de Paris. Continue lendo “MUSEU DE FORTABAT: A Coleção de Arte “Amalia Lacroze de Fortabat” está exposta em Puerto Madero”

CENTRO CULTURAL BORGES – PARTE II: Presenta os shows de Tango “Bien bailado y Bien porteño” e “Buenos Aires Pasión de Tango”

Situado no coração das Galerias Pacífico, um dos edifícios históricos mais conceituados da cidade de Buenos Aires, o CCB oferece um cenário único, com showrooms ao nível dos mais importantes centros internacionais e vasta experiência na organização de eventos artísticos e culturais.

Os Shows de Tango do Centro Cultural Borges são verdadeiramente portenho, sem aqueles jantares que só fazem encarecer o custo da entrada. É a alternativa para quem quer apenas conhecer um pouco melhor essa importante faceta da cultura portenha sem gastar muito.

O programa estável inclui duas companhias de tango de grande prestígio, com orquestras, cantores e parceiros de dança ao vivo; uma delas é “Bien Bailado” e “Bien Porteño”, dirigida por Federico Estrumelo, e a outra, “Buenos Aires Pasión de Tango”, de Agustín Camino.

Continue lendo “CENTRO CULTURAL BORGES – PARTE II: Presenta os shows de Tango “Bien bailado y Bien porteño” e “Buenos Aires Pasión de Tango””

CENTRO CULTURAL BORGES – PARTE I: O Ministério da Cultura assume a direção do espaço cultural das Galerias Pacífico

O Centro Cultural Borges volta à órbita do Estado. São 10 mil metros quadrados que abrigam auditórios e salas para exposições e demais atividades que farão parte do Ministério da Cultura da Nação.

Haverá um espaço permanente destinado a homenagear a Jorge Luis Borges, outra salas serão atendidas pelo Museu Nacional de Belas Artes e o Palais de Glace. e felizmente o Museu Nacional de Arte Oriental terá sede própria pela primeira vez em Buenos Aires. Continue lendo “CENTRO CULTURAL BORGES – PARTE I: O Ministério da Cultura assume a direção do espaço cultural das Galerias Pacífico”

MUSEU FERNÁNDEZ BLANCO – PARTE I: O Palácio Noel e o Museu Casa Fernández Blanco compõem as duas sedes do Museu de Arte Hispanoamericana Isaac Fernández Blanco (MIFB)

O Museu Fernández Blanco possui duas unidades.

  • O Palacio Noel do bairro Retiro é dedicado à arte colonial.
  • A Casa Fernández Blanco, no bairro do Congreso, representa a arte e ao design do século XIX e início do século XX

El Palacio Noel, foi construído em estilo neocolonial na década de 1920 pelo arquiteto Martín Noel como residência própria. O design de inspiração barroca, com varandas mirantes e frontis tipo retábulo que inclui elementos espanhóis, como os jardins andaluzes. Continue lendo “MUSEU FERNÁNDEZ BLANCO – PARTE I: O Palácio Noel e o Museu Casa Fernández Blanco compõem as duas sedes do Museu de Arte Hispanoamericana Isaac Fernández Blanco (MIFB)”

CLUBE ALEMÃO – PARTE I: A antiga sede do Clube Alemão expropriada pelo governo argentino durante a Segunda Guerra Mundial

Construído em 1857, este edifício serviu por 90 anos como sede do Clube Alemão. Este local sempre se caracterizou pela organização de encontros e bailes sociais e culturais no seu grande Salão Principal, animado com as melhores orquestras da cidade, bem como concertos nos jardins. A programação dos concertos era de tal categoria que não tinham paralelo em Buenos Aires na época.

O prédio foi desapropriado pelo governo argentino durante a Segunda Guerra Mundial. Em 1946 foi transferido para o Quartel General da Força Aérea Argentina onde atualmente funciona o Círculo de Oficiais. Continue lendo “CLUBE ALEMÃO – PARTE I: A antiga sede do Clube Alemão expropriada pelo governo argentino durante a Segunda Guerra Mundial”

MALBA – Parte I: Museu de Arte Latino-Americana de Buenos Aires

Um dos museus mais populares da cidade de Buenos Aires, o Malba possui um dos mais importantes acervos da arte latino-americana. Além do patrimônio permanente, exposições temporárias importantíssimas passam por ele. Por isso, é um espaço cultural dinâmico e participativo, numa estrutura arquitetônica moderna, localizado no bairro de Palermo.

Entre os destaques estão a arte dos argentinos Xul Solar e Antonio Berni, o chileno Roberto Matta, o auto-retrato de Frida Kahlo, o muito famoso Abaporu, de Tarsila do Amaral, e instalações inovadoras de Julio Le Parc. Continue lendo “MALBA – Parte I: Museu de Arte Latino-Americana de Buenos Aires”

Biblioteca Nacional – Parte II: A obra maestra de Clorindo Testa que demorou 30 anos em ser construída

A Biblioteca Nacional é uma obra emblemática da arquitetura moderna argentina. A obra teve início em 1971 e levou 30 anos para ser concluída. Neste post vamos conhecer detalhes da obra maestra do arquiteto Clorindo Testa, onde a sala de exposições, o auditório e a confeitaria funcionam como elementos escultóricos que estão pendurados na estrutura.

O edifício foi declarado Monumento Histórico Nacional em 2017. Continue lendo “Biblioteca Nacional – Parte II: A obra maestra de Clorindo Testa que demorou 30 anos em ser construída”

MUSEO FOTOGRÁFICO de BUENOS AIRES: A história do bombeiro que virou fotografo e do bar que virou museu

A história deste bar está relacionada a como um bombeiro se encontra com a fotografia, se torna um colecionador e acaba em frente ao maior Museu Fotográfico da Argentina, declarado de Interesse Cultural pelo Legislativo da CABA.

Dono do Bar Palacio, no bairro Chacarita, vamos conhecer a vida de Alexander Simik, um apaixonado colecionista que a partir de seu imenso acervo, ele sonha algum dia fundar o Museu da Fotografia e o Museu do Cinema da cidade de Buenos Aires. Continue lendo “MUSEO FOTOGRÁFICO de BUENOS AIRES: A história do bombeiro que virou fotografo e do bar que virou museu”

CLÁSICA e MODERNA: Quando uma livraria fecha, os livros ficaram órfãos

Após 80 anos, a Clásica y Moderna fechou, o local de encontro para escritores, músicos e outros artistas de Buenos Aires. Neste local da Avenida Callao, Livros, Literatura e Café conviviam de mãos dadas.

A Livraria Clássica e Moderna estava há mais de 80 anos na Avenida Callao 892. Foi declarada de Interesse Cultural pela Assembleia Legislativa de Buenos Aires em 2013, por ter sido um ponto de encontro reconhecido de artistas, escritores, jornalistas e intelectuais como Jorge Luis Borges e Adolfo Bioy Casares. Hoje está fechada. A morte de sua dona em 2017, Natu Poblet, uma dívida de aluguel e a queda na venda de livros e do bar, acabaram com um lugar histórico da cidade. Continue lendo “CLÁSICA e MODERNA: Quando uma livraria fecha, os livros ficaram órfãos”

JARDIM JAPONÊS de BUENOS AIRES – Parte II: Yasuo Inomata, o Mestre sem discípulo

Em cada cidade, o jardim japonês se torna uma ferramenta importante para expandir a consciência ambiental. As atividades educacionais, de lazer e de conscientização que ali são geradas também fazem parte da identificação cidadã, pois em muitos casos se torna um marco urbano de emoção coletiva e um sentimento de enraizamento para os imigrantes japoneses no Brasil e na Argentina.

Neste post vamos conhecer o engenheiro paisagista Yasuo Inomata, autor do Jardim Japonês de Buenos Aires mundialmente conhecido como o maior jardim japonês fora do Japão. Continue lendo “JARDIM JAPONÊS de BUENOS AIRES – Parte II: Yasuo Inomata, o Mestre sem discípulo”